Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Besouros podem ser usados na resolução de crimes

16/04/24 às 12:59 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Eles têm menos de um centímetro, mas podem ser a chave para desvendar grandes crimes. Estas espécies de besouros se alimentam de moscas e larvas, insetos que estão presentes em corpos em decomposição.


O professor e pesquisador Edilson Caron, da Universidade Federal do Paraná, campus de Palotina, explica que a presença dos insetos na cena de um crime pode ajudar a responder algumas perguntas.


Em Palotina, a UFPR possui um dos maiores acervos de besouros do mundo. São centenas de espécies catalogadas: tamanho, características, ciclo de vida.

Leia mais:

Imagem de destaque
PROMOÇÃO

Atenção casais, querem concorrer a R$ 500,00? Tem promoção no Vitrine Revista!

Imagem de destaque
TINHA MP EM ABERTO

Homem reage a uma abordagem e morre em confronto com a Polícia Militar

Imagem de destaque
SOLIDARIEDADE

Bombeiros do PR relatam grande experiência de vida durante resgates no RS

Imagem de destaque
EM CASCAVEL

Serviço de remoção de abelhas já fez mais de 700 atendimentos neste ano


Recentemente, outros dois tipos chegaram por aqui. Um encontrado no Acre e o outro na região metropolitana de Curitiba. Os pesquisadores analisaram e constataram ser novas espécies de besouros. A descoberta foi publicada em uma revista especializada da nova zelandia.


O proximo passo é estudar o ciclo de vida de cada espécie. Quanto tempo um besouro desse leva para se tornar um adulto. Essas informações serão divulgadas e podem ajudar peritos na solução de crimes.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá