Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Caminhão que levava donativos de Cascavel ao RS é apreendida com drogas escondidas em pneu

18/05/24 às 18:22 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A PRF apreendeu na manhã deste sábado (18), uma carreta de Cascavel que levava 52 kg de crack e cocaína escondida no pneu reserva do veículo. A carreta estava com a credencial de ajuda humanitária expedida pela Defesa Civil de Cascavel e levava doações ao Rio Grande do Sul.


A abordagem aconteceu no município de São Domingos, no oeste de Santa Catarina. Foi necessário o uso de ferramentas para abrir o pneu, onde estava a droga.


O condutor admitiu que realizaria a entrega do pneu pouco antes de descarregar as doações. Ele foi deitdo e encaminhado até a Polícia Federal em Chapecó.

Leia mais:

Imagem de destaque
POLÍCIA INVESTIGA

Viatura policial é incendiada em Rolândia; suspeito é procurado pela polícia

Imagem de destaque
CASO DE 2022

Prefeitura de Londrina é condenada a indenizar vítima de acidente na trincheira

Imagem de destaque
EM LONDRINA

BR-369 tem novo desvio de tráfego nesta segunda para obra do viaduto da PUC

Imagem de destaque
GRAVEMENTE FERIDO

Motociclista é arremessado após colidir contra um carro em Apucarana


Já a carreta ficou sob custódia da PRF. Outro veículo de Cascavel iria até o local para transbordo da carga de donativos, que seria encaminhada até as vítimas das enchentes.


A Defesa Civil de Cascavel emitiu nota sobre o caso:

A Defesa Civil de Cascavel informa que um caminhão particular, disponibilizado pelo proprietário para transportar doações para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, foi apreendido pela Polícia Militar em Santa Catarina, na manhã deste sábado (18), transportando entorpecentes ocultos no estepe.


O caminhão foi oferecido ao Corpo de Bombeiros para fazer o transporte até a cidade de Rio Grande (RS) por um sindicato que representa empresas de transporte de cargas e logística. O caminhão não pertence a uma empresa, mas a uma pessoa física.


A Defesa Civil informa que não faz vistorias nos caminhões de terceiros, apenas coordena o carregamento das doações, com auxílio de voluntários. O coordenador da Defesa Civil, Márcio Ribeiro, já se colocou à disposição das autoridades catarinenses para prestar eventuais informações sobre o transporte das doações. O caminhão estava carregado com 20 toneladas de alimentos não perecíveis, água, materiais de higiene e limpeza, e roupas.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá