Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Cirurgias eletivas: Atualização de dados é fundamental para localização de pacientes

09/08/21 às 18:28 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Secretaria Municipal da Saúde está enfrentando dificuldades para localizar os moradores com encaminhamentos para cirurgias eletivas. De cada 300 ligações feitas por dia pelas equipes da Assistência Especializada, menos de 100 são concluídas com sucesso, ou seja, com o encaminhamento para os exames pré-operatórios. Atualmente, cerca de 7 mil pessoas estão cadastradas para procedimentos cirúrgicos em Foz.

Para garantir a agilidade no atendimento, é essencial manter os dados atualizados junto às unidades básicas de saúde. “Os moradores com encaminhamentos para as cirurgias que por ventura mudaram o número de telefone ou o endereço, devem procurar a unidade de saúde mais próxima de casa para atualizar os dados. Dessa forma, as equipes conseguem entrar em contato com mais facilidade e garantir o agendamento da cirurgia”, explicou o diretor da Assistência Especializada, Ademir Ferreira.

De acordo com ele, estão sendo realizadas cerca de 50 avaliações por dia no Poliambulatório Nossa Senhora Aparecida. Os procedimentos precisam ser atualizados tendo em vista que as cirurgias eletivas ficaram suspensas por mais de um ano, em razão da pandemia da Covid-19. “A maioria das pessoas estão com os exames desatualizados, e algumas já até realizaram os procedimentos. Por isso nossa equipe está entrando em contato com cada morador para dar o encaminhamento adequado”, reforçou Ademir.

Leia mais:

Imagem de destaque
APREENSÃO

Carreta que levava donativos de Cascavel ao RS é apreendida com drogas escondidas em pneu

Imagem de destaque
TRÁFICO DE DROGAS

Homem é preso por tráfico de drogas após fugir da PRF em Alto Paraíso

Imagem de destaque
SOCIALIZAÇÃO

CCI Norte promove Tarde Festiva para a comunidade idosa na segunda-feira

Imagem de destaque
ATENÇÃO

Concurso para procurador do Município tem prazo de inscrição prorrogado

Eletivas

Foz do Iguaçu retomou no final de julho os procedimentos cirúrgicos eletivos. A previsão é realizar cerca de 300 cirurgias por mês - procedimentos de baixa e média complexidade são feitos no Poliambulatório, e de alta complexidade no Hospital Municipal.

As principais demandas envolvem ginecologia, otorrinolaringologia, cirurgia geral, urologia e ortopedia.  Desde novembro do ano passado, o Poliambulatório já realizou mais de 4 mil pequenos procedimentos de baixo risco, como biopsia/punção de tumor de pele, cirurgia de unha, curativo de grau dois, excisão de enxerto de pele, drenagem de abscesso, retirada de corpo estranho, vasectomia entre outros.

Assessoria 


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá