Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Com um ano de atraso, obras da trincheira prejudicam empresários da região

04/01/24 às 17:34 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Após a liberação da rotatória entre as avenidas Leste-Oeste e Rio Branco, empresários que precisaram fechar as portas por conta das obras na trincheira, voltaram a reabrir as lojas na região.

 

A Renata Cazado, proprietária de uma empresa que leva o mesmo nome da avenida, foi obrigada a suspender os atendimentos. Ela contou que o prejuízo era tanto, que não tinha mais como arcar com as despesas e precisou fechar o estabelecimento por um ano. “Devido a toda essa situação da reforma, foi um ano bem complicado, bem difícil”, disse a empresária.

Leia mais:

Imagem de destaque
POPULAÇÃO ACOLHEDORA

Andarilhos revelam motivos por escolherem Londrina: "capital do morador de rua"

Imagem de destaque
PROBLEMA RENAL

Vereadora Mara Boca Aberta realiza procedimento cirúrgico após passa mal em casa

Imagem de destaque
VEJA COMO SE INSCREVER

Inscrições abertas para concurso público de procurador do Município de Londrina

Imagem de destaque
DENTRO DE CASA

Homem com tornozeleira eletrônica é preso com maconha, crack e cocaína em Cambé

 

A situação ficou ainda mais insustentável quando a Avenida Leste-Oeste foi bloqueada e a Rua Chuí mudou de sentido. Assim, os clientes não conseguiam mais chegar até a loja.

 

A empresa só conseguiu retomar o funcionamento depois que a rotatória, que liga as duas principais avenidas foi liberada. O que trouxe alívio. “As contas vêm, água, luz, telefone, contador, imposto, aluguel, funcionários, despesas tributárias que a gente tem que arcar com tudo e infelizmente não tinha faturamento”, lamentou Renata.

 

Mesmo após a liberação da rotatória, ainda falta outra parte da obra para ser entregue. A previsão é que o serviço completo seja entregue em abril deste ano. Já foram concedidos três aditivos de prazo para a empresa terceirizada, que iniciou as obras em janeiro de 2021 e deveria finalizar em janeiro de 2023.

 

Outros estabelecimentos também foram forçados a encerrar as atividades por conta das obras. Para a Renata, ver os antigos colegas sem conseguir retomar os trabalhos, é motivo de tristeza. 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá