Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Comissão de Defesa da Criança vistoria atendimentos pediátricos em UBSs

16/05/24 às 14:40 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

Na manhã desta quinta-feira (16), a Comissão de Defesa dos Direitos do Nascituro, da Criança, do Adolescente e da Juventude da Câmara de Londrina promoveu fiscalizações em três Unidades Básicas de Saúde (UBS). A intenção foi verificar se havia pediatras trabalhando nos locais, como está o andamento dos serviços e se há horários para atendimentos de crianças sem consultas agendadas, conforme informou a Secretaria Municipal de Saúde. 


Durante uma fiscalização realizada neste ano no PAI, após os vereadores da comissão receberem novas reclamações de superlotação e demora nos atendimentos, o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, afirmou que nas UBSs onde há pediatras esses profissionais reservam um porcentual de consultas para casos prioritários, de crianças sem agendamento. Em resposta a um Pedido de Informações da comissão, a Secretaria de Saúde afirmou ainda que há pediatras em 29 das 54 UBSs de Londrina. Com base nos dados da pasta, os vereadores constataram que os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde não ocorrem todos os dias da semana nem ao longo de todo o dia.  Nesta quinta, a comissão esteve na UBS Vila Nova, no Centro; e nas UBSs Santa Rita e Panissa/Maracanã, na Zona Oeste. Os vereadores constataram que não há um padrão seguido por todas as unidades. Em algumas, os pediatras atendem casos sem agendamento, em outras, não. 


Na UBS Vila Nova, os atendimentos pediátricos ocorrem somente na quinta-feira, das 7 às 13 horas, por profissional terceirizado. “No primeiro posto nós tivemos uma grata surpresa. A pediatra é uma uma pediatra que faz por amor, ela já se aposentou, tem 50 anos de carreira. Ela atende toda e qualquer emergência que chegar na Vila Nova”, disse Jessicão.

Leia mais:

Imagem de destaque
GRAVE

Bebê de 1 ano morre atropelado em Apucarana e suspeito é espancado por populares

Imagem de destaque
ENTENDA A HISTÓRIA

Conheça a história do Paçoca, cão que se envolveu em polêmica neste domingo

Imagem de destaque
EXPLICAÇÃO

Família nega que tenha abandonado cachorro e explica caso; cão está bem

Imagem de destaque
TRAGÉDIA

Homem morre após acidente de moto na Avenida Dez de Dezembro, em Londrina


Na UBS Santa Rita, os atendimentos pediátricos ocorrem duas vezes por semana: nas quintas, das 7h30 às 12h30 (pediatras concursados), e nas sextas, das 7h20 Às 11h20 (pediatras terceirizados). “No segundo posto, ali no Santa Rita, para nossa infelicidade, a pediatra concursada marcou, no dia de atendimento, médico para ela mesma. Ou seja, ela só atendeu até as 9h30 da manhã e depois foi embora. Infelizmente várias mães ficaram sem ter o seu atendimento ali pra suas crianças”, afirmou a presidente da comissão. Em conversas com funcionários e pacientes, os vereadores também constataram que nessa unidade de saúde não havia atendimentos pediátricos para crianças sem consultada agendada.
 
O último local visitado foi a UBS Panissa/Maracanã, onde há pediatras concursados nas terças, quintas e sextas, das 7 às 13 horas; e pediatras terceirizados nas quartas, das 7 horas ao meio-dia. “Na nossa terceira visita, a gente encontrou um pediatra com 25 anos de carreira, que foi pediatra no Pronto Atendimento Infantil, mas há dois anos saiu dali e veio atender exclusivamente no posto do Panissa. Ele também não deixa as emergências saírem dali se não forem casos de extrema urgência que precisam do Pronto Atendimento Infantil”, constatou a vereadora. Segundo ela, novas vistorias serão feitas nas próximas semanas, além de Pedidos de Informação à Prefeitura.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá