Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Defesa Civil de Jataizinho emite nota sobre fortes chuvas no município

24/02/23 às 19:00 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Com as chuvas dos últimos dias, os moradores de Jataizinho sofrem com enchentes causadas pela alta do Rio Tibagi. A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC) de Jataizinho informou, por meio de nota, que está realizando monitoramento constante dos medidores hidrológicos desde às 23h de quinta-feira (23).


De acordo com o texto, o órgão está em alerta e “fazendo com que todos os seus membros, Departamento, Secretaria da Prefeitura Municipal de Jataizinho e instituições de apoio como 3ª Coordenadoria Regional de Proteção e Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, estejam de prontidão caso haja a necessidade de atendimento de respostas a possíveis atingidos, das áreas de risco, caso haja uma nova incidência de chuvas na região e na cidade”.


Segundo o IDR-PR (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná), o nível de chuva chegou a 270.4 mm até esta sexta-feira (24). O comum para o mês de Fevereiro é de 181 mm. Apenas nesta quinta-feira (23), o instituto registrou 41 mm de chuva em Londrina.

Leia mais:

Imagem de destaque
PREVISÃO DO TEMPO

Chuva deixa vários pontos de Cascavel em alerta para possíveis alagamentos

Imagem de destaque
NESTA TERÇA

Mulher de 30 anos morre com sintomas de dengue na UPA do Jardim Sabará

Imagem de destaque
PESQUISA

Pesquisa aponta aumento de 3,42% no valor da Cesta Básica de Alimentos em Cascavel

Imagem de destaque
5° CASO NESTE ANO

Homem é preso por importunação sexual no Terminal Central de Londrina

 

O monitoramento hidrológico do Rio Tibagi, feito pela Copel, demonstra alta rápida no nível da água. Em apenas 24h, o volume aumentou cerca de 2,74 metros. Às 9h desta quinta-feira (23), o indicativo mostrava a leitura de régua em 2,57 metros e no mesmo horário nesta sexta-feira (24), o nível chegou a 5,29 metros. 

 

Com isso, os moradores enfrentam enchentes que já tomam conta de imóveis na região. “Através da Defesa Civil, já fizemos o levantamento de todas as áreas de risco para saber quais são os pontos críticos de alagamentos ou famílias que estejam desalojadas”, disse o secretário de agricultura do município, William Piva.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá