Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Empresas de transporte público terão que divulgar informações sobre veículos

17/04/24 às 19:11 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

A Câmara Municipal de Londrina aprovou em primeiro turno, o projeto que propõe que as empresas operadoras do sistema de transporte público municipal de Londrina sejam obrigadas a indicar, em locais visíveis aos usuários, o ano de fabricação, modelo, validade e vida útil de seus veículos. Essas informações devem estar preferencialmente ao lado das portas de acesso, ao lado do cobrador e no vidro dianteiro dos veículos. As regras também se aplicam aos veículos de transporte escolar. Agora, abre-se um prazo de sete dias para a apresentação de emendas (modificações) antes da segunda votação.


Segundo a justificativa do projeto, de autoria da vereadora Mara Boca Aberta (Podemos), a divulgação dessas informações visa dar subsídio à sociedade civil para fiscalizar a atuação das empresas concessionárias e do Poder Executivo Municipal. Conforme os contratos de concessão firmados entre o Município e a Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) e a Londrisul Transportes Coletivos, os ônibus que rodam em Londrina devem ter no máximo dez anos de fabricação. Em junho de 2022, a Comissão Especial (CE) dos Transportes Públicos da Câmara apontou, em seu relatório final, que essa obrigação contratual foi descumprida.


A idade dos veículos, de acordo com Mara, está diretamente relacionada à qualidade do serviço prestado pelas empresas. “Tivemos grandes problemas com ônibus vencidos, sem condições de serem utilizados. Houve alguns acidentes e incidentes com esses ônibus que deveriam ter sido trocados e não foram, porque a empresa alegou prejuízos com a pandemia”, afirmou Mara Boca Aberta. “É uma maneira de sermos transparentes com os usuários do transporte. E é uma ação bem simples para a empresa. Nós, vereadores, quando queremos saber alguma informação sobre a frota, temos de fazer um Pedido de Informação à Prefeitura. E a população? É sobre dar transparência aos usuários do transporte”, defendeu.

Leia mais:

Imagem de destaque
APÓS OPERAÇÃO

Sete monitores da PEL III são demitidos após serem flagrados com armas

Imagem de destaque
SAIBA QUAIS

Comércio de rua ficará fechado durante os próximos dois feriados em Londrina

Imagem de destaque
COMÉRCIO

Negociação para a Convenção Coletiva de Trabalho de Londrina segue sem acordo

Imagem de destaque
SEGURANÇA PÚBLICA

Encontro debate papel na escola para proteção de crianças


Segundo o PL 134/2022, o descumprimento da divulgação dos dados acarretará multa no valor de um salário-mínimo regional, dobrando-se o valor em caso de reincidência. Ainda segundo a proposta, a lei deve entrar em vigor 60 dias após a data de sua publicação.

 

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá