Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Estar: terceira empresa é convocada e comerciantes já sentem reflexos da falta de vagas

21/02/24 às 13:12 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Transitar falou nesta segunda-feira (19) sobre o Estacionamento Regulamentado em Cascavel, no Oeste do Paraná.


A primeira empresa colocada foi reprovada nos testes. Os técnicos acompanharam os testes por 30 dias úteis, onde foi feito um check list do que foi solicitado no edital. De 90% exigidos, ela atingiu 85%.


Uma nova empresa definida que iniciará o período de testes. Ela será convocada na quarta-feira (21) e terá 15 dias úteis para a apresentar os equipamentos e implantar o sistema a fim de iniciar os testes que serão acompanhados pela comissão técnica.

Leia mais:

Imagem de destaque
POLICIAL

Conforme delegado, casal teria jogado mulher em rio após ela ter feitos comentários sobre traição

Imagem de destaque
ESTUPRO

PCPR prende homem por estupro de vulnerável em São Jorge do Oeste

Imagem de destaque
TRÂNSITO

Condutor de Charrete morre ao ser atingido por caminhão na PR-323 em Iporã

Imagem de destaque
OBRAS

Governo do Estado e São Miguel do Iguaçu vão construir nova ponte municipal de concreto


Se tudo ocorrer conforme o programado e ela for aprovada, a expectativa é que o estacionamento entre em pleno funcionamento no início de maio.


O formato é de videomonitoramento. Durante a fiscalização, os agentes precisam identificar a placa e fazer um controle em tempo real dos veículos que podem permanecer na vaga.


A autuação precisa ser feita em tempo real. Conforme informado, a operação é diferente da que ocorre com o radar, por exemplo, já que na radar as imagens são armazenadas e na sequência emitida a notificação dentro de um período legal.


O motorista pode ficar por até duas horas no local estacionado e após esse tempo deve se dirigir a outra vaga.


Se identificado que ele está no local por um tempo superior, ele será notificado. A infração é grave, com menos cinco pontos na CNH Carteira Nacional de Habilitação) e multa de R$ 195.


A presidente da Transitar reforça que essa notificação sempre aconteceu, a diferença é antes havia um tempo tempo para regularização.


A mesma regra vale para vagas especiais, sem esquecer que para ocupá-las o motorista precisa portar a credencial.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá