Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Família de grávida morta com suspeita de dengue fala sobre busca por atendimento

09/04/24 às 22:36 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Um bebê de oito meses de gestação foi salvo por médicos do Hospital Universitário, após uma cesárea realizada um dia antes da morte de sua mãe, por suspeita de dengue.

 

Érica Campos, de 25 anos, estava em Guaratuba. Os primeiros sintomas surgiram há pouco mais de uma semana, no domingo (31), quando retornou da viagem. Ela procurou atendimento na UPA Sabará e foi liberada logo em seguida. Na sexta-feira (5) os sintomas se agravaram e ela retornou na unidade, quando os médicos identificaram a necessidade de transferência para o Hospital Universitário. Porém ela foi levada para o HU somente no sábado (6), já em estado grave.

Leia mais:

Imagem de destaque
COM PEDAÇO DE PAU

Dois homens levam surra da população após serem flagrados com moto furtada

Imagem de destaque
MUDANÇAS

Londrina tem novo presidente da Codel e a nova secretária de Gestão Pública

Imagem de destaque
VEJA COMO PARTICIPAR

Academias de CrossFit se reúnem em aulão beneficente neste final de semana

Imagem de destaque
MAIS CINCO MORTES

Londrina registra mais de 26 mil casos de dengue de acordo com novo boletim

 

Familiares denunciam que houve demora na transferência e que ela deveria ter sido levada ao hospital ainda na sexta. “Ela chegou na UPA às 22h e só saiu de lá quase meio dia”, explicou o pai de Érica, Edson Rodrigues.

 

No HU a jovem passou por uma cesárea de emergência. Ela estava grávida de 31 semanas. O pai conta que a filha era saudável e a gravidez também. Érica ficou na UTI mas não resistiu e morreu.

 

Segundo o hospital a jovem estava com dengue tipo C. O bebê segue internado na UTI neonatal, sedado, intubado e estável.

 

Além do bebê, Érica deixa uma menina de um ano e cinco meses.

  

Em nota, a secretaria de Saúde informou que não recebeu a documentação do Hospital Universitário para investigar o óbito. A autarquia não comentou sobre a reclamação da demora na transferência da jovem para o HU. 

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá