Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Homem ameaça "arrancar coração de mulher e expor no meio da cidade"

25/05/24 às 11:02 - Escrito por TN Online
siga o Tarobá News no Google News!

Um homem não aceitou o fim do relacionamento e ameaçou arrancar o coração da ex-companheira. Uma equipe da Polícia Militar foi até o endereço no Conjunto Monte Carlos, em Arapongas, por volta de 00h16 deste sábado (25), para atender a um chamado de violência doméstica.


Ao chegarem no local, os policiais avistaram um homem encostado em um carro em frente à residência. Após voz de abordagem, os policiais se certificaram que não havia nada ilícito em posse do suspeito.


Posteriormente, uma mulher surgiu de dentro da casa, afirmando ser a solicitante e relatou que o homem abordado teria ficado extremamente agressivo após ela revelar a ele que não queria dar sequência no relacionamento. Ele então, teria quebrado um vidro da casa com um chute e a ameaçou de morte, segundo o boletim de ocorrência.

Leia mais:

Imagem de destaque
ENTENDA

Marta anuncia possível aposentadoria da Seleção Brasileira após Olimpíadas

Imagem de destaque
DESAFIO GASTRONÔMICO

Inscrições abertas para o Desafio do Chef! Primeiro lugar leva R$ 1.800,00!

Imagem de destaque
ZONA LESTE

Homem fica ferido após bater na traseira de um caminhão guincho estacionado

Imagem de destaque
VEJA VÍDEO

Polícia Civil divulga imagens de suspeitos de invasão em sítio em Jataizinho


A equipe policial adentou no imóvel para averiguar a situação, onde foi confirmado o dano material. A solicitante afirmou ainda, que o suspeito disse que "mataria ela e o futuro companheiro dela, arrancaria o coração da mulher e o colocaria no meio da cidade". Segundo o boletim, ele falou também "quero ver você ficar com mais alguém, que não seja eu".


A mulher revelou que, rotineiramente, o suspeito a ameaçava com uma faca, exibindo a arma branca contra ela. A equipe então, apreendeu o objeto, que estava dentro do veículo que o homem estava encostado.


A vítima relatou, segundo o boletim, que está com medo e desejou uma medida protetiva de urgência contra o autor das ameaças. Assim como, exerceu seu direito de representar contra ele. Vale dizer que a mulher não apresentava nenhuma marca aparente de violência física e recusou atendimento médico.


Sendo assim, foi dado voz de prisão contra o indivíduo e posteriormente encaminhado para a 22ª Subdivisão Policial de Arapongas.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá