Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Homem é assassinado a tiros na zona oeste de Londrina

06/12/23 às 11:50 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Um homem foi assassinado com cinco tiros na Rua Quiri, entre o Conjunto Santa Rita e o Jardim Leonor, na zona oeste de Londrina, nesta quarta-feira (06). 


A vítima, identificada como Vitor de Souza, de 28 anos, teria sido atingida por uma pessoa em uma motocicleta. Segundo testemunhas, o homem começou a ser atingido na rua e tentou se esconder em uma mercearia, mas não conseguiu se salvar. 


Ainda de acordo com as testemunhas, dez tiros, aproximadamente, foram disparados contra o rapaz.

Leia mais:

Imagem de destaque
PROFESSORES ORGANIZAM

Cerca de 11 mil alunos de Cambé devem receber kits com material escolar

Imagem de destaque
ANIVESÁRIO DE 53 ANOS

Escola Municipal Carlos Kraemer produz e-book celebrando sua história e memórias

Imagem de destaque
LINKS AQUI

Prefeitura divulga bolsas de estudo integrais para cursos em Londres

Imagem de destaque
EM 2ª DISCUSSÃO

Vereadores de Londrina aumentam os próprios salários e criam cargos de R$18 mil


Segundo o delegado João Reis, a vítima era usuária de drogas "mas não sabemos se a motivação para o crime foi essa. Pode ser uma questão passional ou mesmo uma briga em que ele se meteu recentemente".


João Reis acredita que a população do bairro possivelmente saiba quem sejam os atiradores e qual a real motivação do crime. "O importante é que façam a denúncia através do 181 ou do WhatsApp da Delegacia que é o (43) 3329-1835, tudo de forma anônima".



A Guarda Municipal (GM) foi acionada para fazer a preservação do local, uma vez que a mercearia fica em frente a uma escola, e o crime ocorreu próximo ao horário de saída dos alunos.


A soldado Frascislaine, da GM, conta que "nós fomos acionados via botão do pânico; o diretor fez esse acionamento. A princípio, escutaram um barulho e um pedestre avisou que algo estava acontecendo na rua. Imediatamente eles tiveram esse preparo de acionar o botão do pânico e as equipes conseguiram chegar a tempo e isolar a área para que os alunos não pudessem participar desta cena".


Ela conta ainda que "para a saída dos alunos, foi acertado com o diretor que eles fizessem a saída pelo outro lado do colégio, para que as crianças não se deparassem com o caso".


© Copyright 2023 Grupo Tarobá