Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Hospital do Câncer de Londrina vai ganhar área para cuidados paliativos

10/05/24 às 14:18 - Escrito por Redação Tarobá News com Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

O HCL (Hospital do Câncer de Londrina) vai ganhar uma nova área especificamente para cuidados paliativos. A nova estrutura promete ser o maior hospital de cuidados paliativos do sul do Brasil e a previsão é que a construção inicie ainda em 2024. Foram encaminhados pela Prefeitura de Londrina cerca R$ 12 milhões, para a construção do espaço. 


O terreno que abrigará o novo hospital foi doado ao HCL pela Prefeitura de Londrina. E o recurso advém do governo federal, via Ministério da Saúde.


Na solenidade desta sexta-feira (10), a diretoria do HCL apresentou o novo projeto da unidade, que será construída na zona leste, nas proximidades da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Serão 62 novos leitos dedicados exclusivamente aos pacientes em cuidados paliativos e a unidade terá 4.890 m² de área.

Leia mais:

Imagem de destaque
VINDO DO PARAGUAI

Operação da PM e Polícia Federal intercepta helicóptero com 400 kg de cocaína

Imagem de destaque
TROCARAM TIROS COM A PM

Trio furta carro e foge da Polícia Militar após abordagem em Cambé

Imagem de destaque
GRAVE

Homem é preso após ameaçar pessoas em uma obra no centro de Londrina

Imagem de destaque
ZONA LESTE E ZONA SUL

Polícia Militar recupera moto e carro furtados durante operação em Londrina


Cuidado paliativo é uma abordagem que melhora a qualidade de vida de pacientes e familiares diante de doenças que ameacem a continuidade da vida, por meio do alívio do sofrimento, tratamento da dor e de outros sintomas de natureza física, psicossocial e espiritual. O objetivo é oferecer dignidade e diminuição de sofrimento mais comum em pacientes terminais ou em estágio avançado de determinada enfermidade.


O presidente do Hospital do Câncer, Francisco Ontivero, explicou que HCL já realiza um trabalho votado aos cuidados paliativos, por isso as equipes já têm experiência com isso. “É um departamento que traz muito conforto para os pacientes e suas famílias, nesta hora tão difícil. Além de beneficiar os pacientes, este novo hospital também vai favorecer o HCL, pois os leitos que atualmente estão sendo usados para os cuidados paliativos, poderão ser utilizados para o tratamento do câncer, pois muitas vezes faltam leitos. Além disso, a unidade será um hospital diferenciado, onde as pessoas que ficarão ali se sentirão como se estivessem em tratamento em casa, por meio de um tratamento humanizado. Os familiares poderão ficar juntos aos pacientes, até o final”, detalhou.


Sobre o HCL – O Hospital do Câncer de Londrina é referência para 166 municípios do Paraná e atendeu mais de 1,2 milhão de pessoas no ano passado – cerca de 2,5 mil atendimentos por dia – sendo que mais de 90% dos atendimentos são de usuários do Sistema Único de Saúde. O serviço de cuidados paliativos no HC existe há mais de dez anos e conta com apenas dez leitos em unidade de internação própria no hospital e equipe multidisciplinar.


Entre os presentes na solenidade, estavam a diretora institucional do HCL, Mara Rossival; o deputado estadual Tiago Amaral; e a vereadora Lenir de Assis. A solenidade contou ainda com apresentação da Banda do Colégio Marcelino Champagnat.




Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá