Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

HUOP recebe 60 novos pacientes para o Serviço de Obesidade e Cirurgia Bariátrica

24/03/23 às 17:16 - Escrito por
siga o Tarobá News no Google News!

Na próxima segunda-feira (27), o programa de Serviço de Obesidade e Cirurgia Bariátrica do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP) recebe 60 novos pacientes da 9ª, 10ª e 20ª Regional de Saúde. Essa a primeira reunião do grupo para o ano de 2023 e acontece a partir das 8h30 da manhã no auditório do HUOP.

     

O coordenador do Serviço de Obesidade e Cirurgia Bariátrica do HUOP, doutor Allan Cézar Faria de Araújo, explica que do número total de pacientes, 30 são de Cascavel, 15 de Foz do Iguaçu e 15 de Toledo, onde cada um teve o encaminhamento para o projeto depois de passar por uma avalição de um profissional em uma unidade básica de saúde da sua região.

Leia mais:

Imagem de destaque
DIA 13 DE JULHO

Feijoada beneficente busca arrecadar R$ 200 mil para próteses de jovem que teve pernas amputadas

Imagem de destaque
CENTRO DE LONDRINA

Calçadão tem protesto contra PL que muda a legislação do aborto

Imagem de destaque
RUA BELO HORIZONTE

Explosão em carro causa incêndio em garagem de prédio no Centro

Imagem de destaque
OBRAS NO ARTHUR THOMAS

Ponte que interliga a Via Expressa e a Rua Charles Lindemberg é interditada


“Existem formulários específicos mostrando quando há indicação de encaminhamento para o Centro de Referência específico. Esse formulário é encaminhado para a regional de saúde que acaba fazendo a distribuição nos serviços credenciados para a cirurgia bariátrica. Aqui em Cascavel nós temos do Hospital Universitário e um hospital particular que prestam esse serviço. Então, o atendimento do paciente obeso começa na atenção primária, passando pela atenção especializada e hospitalar”, explicou o coordenador do projeto.

     

O paciente ainda deve seguir a linha de cuidado às pessoas com sobrepeso e obesidade no Estado do Paraná. Esse estudo traz diretrizes norteadoras para a organização das ações e dos serviços de saúde, promovendo a atenção integral às pessoas com excesso de peso e aprimorando a assistência à saúde prestada aos cidadãos paranaenses.

     

Segundo doutor Allan Araújo essa linha de cuidado foi aprovada no ano passado e ainda está em implementação em muitos municípios do Paraná. 


“Essa linha de cuidado está efetivamente contemplada em apenas 3% dos municípios do estado. Então, temos muito que trabalhar e o HUOP está fazendo sua parte. Esperamos poder ajudar esses sessenta pacientes e lembrando que todos eles vão participar de todo um programa que vai durar uma média de um a dois anos até chegar à cirurgia bariátrica. Muitos dos pacientes necessitam de orientações, o preparo para o pré-operatório é fundamental para esse paciente e a equipe tem que ter uma boa avaliação para indicar a cirurgia para os pacientes que apresentam os melhores resultados, finaliza Araújo. 


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá