Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Invasão e ameaças assustam aposentado que construía casa dos sonhos em chácara

13/02/24 às 20:11 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Um aposentado está prestes a abandonar a construção da casa dos sonhos por medo. Sua chácara, que fica na zona norte de Londrina, foi invadida durante a madrugada desta terça-feira (13) e além de ter sido depredada, criminosos deixaram dizeres como “pague sua dívida”, “fala d+” e “comédia”. 

 

O dono da propriedade, José Pinheiro, ficou assustado ao chegar de manhã no local e se deparar com o vandalismo. “Vontade de morrer, isso me destruiu. Até agora eu não consegui nem almoçar. Eu faço minhas coisas certas e as pessoas vem e tira proveito”, lamentou o aposentado.

Leia mais:

Imagem de destaque
AÇÃO PEDIA R$100 MI

Londrina terá que pagar R$ 5,18 milhões para banco após decisão do TJ-PR

Imagem de destaque
SITUAÇÃO PIOROU

Posto de combustíveis desativado se transforma em mocó na Celso Garcia Cid

Imagem de destaque
IMAGENS IMPRESSIONAM

Polícia procura motorista que atropelou em matou homem deitado no meio da rua

Imagem de destaque
PROJETO DE LEI

Empresas de transporte público terão que divulgar informações sobre veículos

 

Na parde interna também foram deixados recados pichados nas paredes. A porta e os vidros foram quebrados, mas o que mais assustou foi isso a assinatura “C.V.”, a suspeita é de que seria do Comando Vermelho. “Eu não inimigo. Não tenho inimizade com ninguém”.

 

O aposentado diz estar tranquilo em relação as acusações de dívidas, já que não está devendo para ninguém.

 

Essa não é a primeira vez que a propriedade é invadida. E justamente por conta da insegurança constante, ele não quer mais morar no local. “Já é a terceira ou quarta vez que me roubam. Já me roubaram 90 metros de alambrado. Já era pra eu tá morando aqui. Isso deixa a gente entristecido. Eu tenho problema de depressão e fico mais deprimido ainda. A gente faz as coisas com tanto trabalho e sacrifício e outra pessoa vem pra fazer maldade”, clama José Pinheiro.

 

Um boletim de ocorrência foi feito, mas segundo o aposentado, a polícia não foi até o local para verificar a situação, e para ele, falta patrulhamento na região.

 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá