Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Melhorias da malha ferroviária entram em debate no Paraná

16/04/24 às 13:16 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Para acompanhar os avanços do setor produtivo, a malha ferroviária é assunto primordial no Paraná. O assunto foi o tema de reunião entre a Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), por meio do conselho temático de infraestrutura e representantes de usuários das ferrovias.


O panorama atual do transporte ferroviário está no radar da Federação das Indústrias do Paraná. O contrato do modelo de concessão da chamada malha sul, que liga principalmente as regiões norte e noroeste do estado ao porto de Paranaguá, termina em 2027. E até o fim desse contrato há uma janela de oportunidades para debater o assunto.


Leia mais:

Imagem de destaque
EM ESTADO GRAVE

Divulgada imagens de suspeito de atacar jovem com ácido em Jacarezinho

Imagem de destaque
INVADIU CASA DA EX

Homem de 29 anos resiste à prisão e agride dois policiais em Apucarana

Imagem de destaque
MAIO AMARELO

CMTU convida população a doar sangue em prol de vítimas de acidentes de trânsito

Imagem de destaque
PROPOSTA DO GOVERNO

Sindicato ameaça greve caso projeto de terceirização de escolas seja aprovado

A iniciativa visa o planejamento de ações efetivas. O transporte ferroviário é essencial, principalmente para escoar a produção de alimentos. Ainda falta eficiência no sistema.


O quantitativo de cargas que chega hoje a Paranaguá por ferrovias não alcança 20% da demanda total, enquanto portos como o de São Francisco do Sul em Santa Catarina alcançam resultados de até 50%. A integração entre os diferentes modais de transporte foi apontada como fundamental para aprimorar a infraestrutura do estado.


O primeiro encontro proposto pela faep que analisou as condições dos portos, aconteceu no último dia 3. Nos próximos meses, serão realizadas reuniões regionais para tratar das questões da infraestrutura e também para começar uma nova atualização do plano estadual de logística em transporte.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá