Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Moradores da zona leste reclamam de infestação de escorpiões na região

13/05/24 às 18:23 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Moradores da Rua Francisco Scoponi Carnielo, no Portal dos Pioneiros, zona leste de Londrina, tem enfrentado uma infestação de escorpiões. Em março deste ano, uma moradora foi picada. Depois disso, ela e os vizinhos tem encontrado frequentemente o animal dentro do quintal.

 

As reclamações batem com os dados do Ciatox (Centro de Informações e Assistência Toxicológica do Paraná) que registrou desde março, só na região de Londrina, mais de 130 picadas por escorpião. No estado são mais de mil.

Leia mais:

Imagem de destaque
EM OPERAÇÃO

PC-PR prende principal suspeito da "guerra do tráfico" em Apucarana

Imagem de destaque
AFIRMA ACESF

Inadimplência na Taxa de Manutenção de Cemitérios em Londrina Alcança 35%

Imagem de destaque
ENTRETENIMENTO

Câmara de Londrina debate regras do Plano Diretor para bares na cidade

Imagem de destaque
DURANTE A NOITE

Paciente foge de hospital em Apucarana com projétil alojado no quadril

 

O avanço das cidades e desmatamentos cooperam com o aparecimento do bicho na área urbana. De acordo com o Ciatox, o escorpião amarelo é super resistente e pode permanecer até seis meses sem água e comida. Além disso, a fêmea não depende do macho para reproduzir.


Camilo Guidoni, coordenador do Ciatox, explica que a prevenção, como a limpeza dos espaços é essencial, e que os gambás, animais que vivem na região, são essenciais no controle da praga.


De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, armadilhas estão instaladas em diversos pontos da cidade para tentar controlar o aumento populacional do escorpião. Os cemitérios são os principais alvos.


Especialistas recomendam que caso encontre um escorpião, não deve mexer no animal e entrar em contato com o Ciatox. Em caso de picada, é preciso manter a calma e procurar um hospital imediatamente.  

 

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá