Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Município alerta população sobre site falso da Prefeitura de Londrina

15/02/24 às 18:55 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

A Prefeitura de Londrina informa que o site www.prefeituradelondrina.org é falso e não tem qualquer relação com o Município, sendo que o endereço do verdadeiro site da administração municipal é www.londrina.pr.gov.br.


Quando se procura o termo “Prefeitura de Londrina” no Google, o site inautêntico aparece logo abaixo do verdadeiro endereço, na segunda posição da primeira página de resultados. Além disso, apesar de contar com uma imagem do brasão oficial da Prefeitura, buscando passar-se pelo portal autêntico, o endereço falso possui um layout de página bastante diferente do desenho do site verdadeiro.


Outra característica do site falso é que ele contém informações clonadas do portal verdadeiro e links para diversos serviços municipais. No entanto, esses links não são confiáveis e os cidadãos não devem de maneira alguma inserir seus dados nessa página.

Leia mais:

Imagem de destaque
TRÂNSITO

Ao menos duas pessoas morrem em grave acidente entre três veículos na BR-277 em Palmeira

Imagem de destaque
BALANÇO

Mais de 2.200 pessoas se vacinam durante mutirão em Londrina no final de semana

Imagem de destaque
CÂMERA FLAGROU

Motociclista é arremessado após colisão com carro no Residencial Quadra Norte

Imagem de destaque
TRÁFICO DE DROGAS

PRF apreende grande quantidade de maconha em carro abandonado na BR-163


O ouvidor-geral do Município e encarregado de Dados Pessoais da Prefeitura, Alexandre Sanches Vicente, explicou que esse site falso opera no modelo ‘caça-cliques’. “É um site que contém vários anúncios vinculados aos serviços publicitários do Google. Desse modo, cada vez que um usuário acessa essa página ou clica em um link que está lá, o proprietário do site é remunerado. Portanto, os responsáveis por essa página estão lucrando indevidamente em cima de um órgão público, que oferece seus serviços sem custo para a população”, frisou.


De acordo com Vicente, servidores da Ouvidoria-Geral do Município e de outros setores fizeram uma investigação e constataram que o site falso não está hospedado no Brasil. A página também contém erros, como atribuir ao endereço da sede da Prefeitura um Código de Endereçamento Postal (CEP) do município de Cotia, no estado de São Paulo.


Em vista dos riscos aos munícipes, a Ouvidoria-Geral registrou uma ata notarial e planeja tomar providências jurídicas, através da Procuradoria-Geral do Município (PGM), para que seja feita a retirada desse endereço eletrônico das páginas de buscas.


“Há riscos consideráveis para os cidadãos que acessam esse site, em relação à segurança dos seus dados. Por mais que os links daquele endereço eletrônico direcionem o usuário para o site verdadeiro da Prefeitura, não há garantia que as informações das pessoas que vão àquela página não estão sendo capturadas por pessoas mal-intencionadas. Por isso, estamos tomando providências para evitar que aquele cidadão mais desatento acesse o site falso e insira seus dados relativos ao IPTU, por exemplo”, destacou o ouvidor-geral.


Ainda segundo Vicente, caso o munícipe desconfie que está diante de um site, página de rede social ou número de telefone ou WhatsApp falso, deve entrar em contato com o órgão oficial municipal correspondente para relatar a situação e receber orientações. Todos os telefones, endereços de e-mail e links de perfis de redes sociais das secretarias e órgãos do Município podem ser conferidos nesta página.


“Por exemplo, estamos agora na época de vencimento do segundo lote do IPTU. Caso a pessoa esteja em dúvida se o site onde se emite o boleto do IPTU é autêntico, ela pode entrar em contato com a Secretaria Municipal de Fazenda, presencialmente ou pelo número de WhatsApp (43) 3372-4424, e eles vão orientar sobre os procedimentos. A mesma ação deve ser tomada em relação aos demais órgãos oficiais. Também é possível fazer o contato com a Ouvidoria-Geral do Município, e vamos averiguar a situação”, finalizou.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá