Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Polícia Militar simula confronto em Colombo para treinamento nesta madrugada

24/11/22 às 08:45 - Escrito por Assessoria de Imprensa 22° BPM

O 22º Batalhão de Polícia Militar realizou na madrugada desta quinta-feira (24), um Exercício Simulado do Plano de Defesa Territorial do município de Colombo.


Com o registro de muitos crimes contra o patrimônio, especificamente nas modalidades de Novo Cangaço e Tomada de Cidades, a PM colocou em prática o Plano de Defesa Territorial do 22º Batalhão, para o combate imediato à ação criminosa.


A ação aconteceu por volta das 4h desta quinta-feira e teve aproximadamente 2 horas de duração, concentrando-se os ataques na sede da 1ª Companhia do 22º BPM e na Rua XV de Novembro, Centro de Colombo, local com 08 agências bancárias nas proximidades. 


Para o simulado, foram realizados ataques à sede da 1ª Cia do 22º BPM e em 03 unidades bancárias, as ações foram simuladas por 14 profissionais disfarçados como criminoros. A ação utilizou quatro veículos, pistolas, fuzis, espingardas, explosivos, efetuando disparos de munições de festim (não letal), incendiando os acessos de saída da companhia, utilizando coletes balísticos e vestimentas táticas.


Em seguida, o grupo de criminosos se deslocou até as agências bancárias de centro de Colombo para se juntar aos demais, dando procedimento os ataques no Banco do Brasil, Caixa Econômica e Itaú, onde também se utilizaram dos mesmo modus operandi.


A ação simula ataques e contra-ataques dos dois lados, criminosos e policiais, utilizando os rádios para a comunicação da equipe, chegando o mais próximo possível de uma situação real. Na ação, a polícia conteve os falsos assaltantes, que no simulado foram presos, finalizando o exercício.


O 22º Batalhão cumpriu todos os protocolos, proporcionando durante o exercício simulado a padronização de ações quanto à atuação de criminosos, montando base de comando e visando uma maior segurança às equipes policiais de serviço, minimizando riscos e empregando de forma eficiente as equipes policiais, contribuindo assim para a tomada das decisões necessárias para o desfecho positivo da simulação.


O Tenente-Coronel Itacir, Comandante do 22º BPM, explicou “Que o objetivo desse exercício simulado é identificar e apontar as principais características e peculiaridades do 22º BPM, bem como áreas de vulnerabilidades quanto a atuação de criminosos, especificamente nas modalidades de Novo Cangaço e Tomada de Cidades, visando dessa forma atuar de maneira coordenada e eficaz para frustrar ou minimamente “quebrar” o planejamento destes criminosos em suas ações.


© Copyright 2022 Grupo Tarobá