Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

População é orientada a não alimentar animais silvestres do Parque Arthur Thomas

13/02/24 às 16:50 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

Com o intuito de sensibilizar a população para que não alimente os animais silvestres no entorno do Parque Municipal Arthur Thomas, na região sul de Londrina, a Secretaria Municipal do Ambiente (Sema) está realizando uma divulgação porta a porta nas residências dessa área. Iniciada na última sexta-feira (2), a entrega de informativos impressos está prevista para ser concluída até esta quarta-feira (7), conduzida pela Assessoria de Educação Ambiental da Sema.


Aproximadamente, 1.000 unidades do panfleto foram impressas e devem ser atendidas 850 residências, das quais cerca de 600 já foram contempladas com visitas feitas entre os períodos da manhã e da tarde.


Cada imóvel visitado pela Sema está recebendo um informativo ressaltando as consequências e principais riscos gerados pela indevida alimentação de animais silvestres. Dentre os aspectos abordados pelo material, estão o perigo de que esses animais ataquem pessoas ao se sentirem ameaçados, e o risco de lesões, intoxicação ou contração de doenças ao ingerirem comida consumida por humanos.

Leia mais:

Imagem de destaque
PROBLEMA GRAVE

Falta de energia atrapalha atendimentos na UBS Ouro Branco nesta segunda-feira

Imagem de destaque
ZONA LESTE

Motociclista de 21 anos fica ferido após colidir na lateral de um carro

Imagem de destaque
DUAS MOTOS E UM CARRO

Motociclista fica gravemente ferido em acidente na BR-369, sentido Ibiporã

Imagem de destaque
ZONA NORTE

Dois motociclistas ficam gravemente feridos após acidente no Jardim Barcelona


Quando alimentados pelas pessoas, os animais acabam deixando de buscar seu próprio alimento na natureza e, dessa forma, podem se tornar dependentes e ir regularmente para a área urbana, correndo o risco de atropelamentos e ataques de animais domésticos. Na área próxima ao Parque Arthur Thomas, quatis, macacos e gambás são os animais mais vistos saindo para as ruas e avenidas.


Ao receber o panfleto, o público também é orientado a colocar o lixo na lixeira da calçada somente nos dias de coleta, a fim de evitar que os animais revirem lixeiras e sacos de lixo para comer restos de alimentos.

As equipes de Educação Ambiental da Sema já percorreram, até agora, centenas de residências, na área próxima ao Parque, perto da avenida Dez de Dezembro. O trabalho alcançou vias como a avenida Paris, e as ruas Marselha, Capri, Sicília, Braga, Porto, Roma, Barcelona, Pádua e diversas outras. Para amanhã (7), a ação prevê entregas na rua Charles Lindemberg, e será analisada a necessidade de outras localidades dessa área.



© Copyright 2023 Grupo Tarobá