Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Prefeito de Cambé entrega projeto de construção do Viaduto da Esperança

28/02/24 às 16:53 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

O prefeito Conrado Scheller esteve nesta quarta-feira (28) em Curitiba para entregar o projeto de construção do Viaduto da Esperança ao Governo do Estado. O projeto prevê a elevação da Avenida da Esperança sobre a BR-369 para desafogar o trânsito da região e dar mais segurança aos motoristas. Também participaram da reunião o governador Ratinho Júnior; os deputados estaduais Tiago Amaral e Cloara Pinheiro; o secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Sandro Alex; o diretor presidente do Departamento de Estradas e Rodagens do Paraná (DER-PR), Fernando Furiatti; e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Angelo Pamplona.


Ao todo, segundo a estimativa do projeto, cerca de 25 mil veículos e seis mil caminhões trafegam pelo trecho diariamente, sendo a ligação entre Londrina, Rolândia e Arapongas; e também da parte de baixo da BR-369 com o Centro e outros bairros de Cambé. Hoje a rodovia corta a cidade, separando duas regiões com cerca de 50 mil moradores de cada lado da via.


Primeiramente, o projeto precisa passar pela aprovação do Governo Federal, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), do Ministério dos Transportes. Com isso, o Governo do Estado, pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), poderia dar sequência e executar a obra.

Leia mais:

Imagem de destaque
AÇÃO PEDIA R$100 MI

Londrina terá que pagar R$ 5,18 milhões para banco após decisão do TJ-PR

Imagem de destaque
SITUAÇÃO PIOROU

Posto de combustíveis desativado se transforma em mocó na Celso Garcia Cid

Imagem de destaque
IMAGENS IMPRESSIONAM

Polícia procura motorista que atropelou em matou homem deitado no meio da rua

Imagem de destaque
PROJETO DE LEI

Empresas de transporte público terão que divulgar informações sobre veículos


O prefeito Conrado Scheller salientou que o projeto é muito aguardado por toda a população da região, e que traria muito mais segurança e melhoria de fluxo aos veículos locais. “Desde muito tempo estamos conversando sobre esse projeto, da importância que ele traz, para uma nova Cambé, uma nova região norte. Então, estamos muito contentes. Claro que temos novas etapas para serem percorridas, mas até agora tudo está dando certo. Quem precisa atravessar este trecho hoje encontra uma grande dificuldade. Nós conseguimos solucionar um problema parecido com a obra do Viaduto Bratislava e esperamos, com esta intervenção, transformar Cambé mais uma vez”, destacou.


O governador Ratinho Júnior destacou que essa será uma obra muito importante, somando a outras intervenções que a região vem recebendo, como o Viaduto José do Carmo Garcia e o Viaduto da PUC, em Londrina, resolvendo problemas de segurança viária da região, e visando criar um grande corredor, uma grande artéria logística. 


“Esse é um projeto importantíssimo. Há muito a sociedade e toda a região trabalha em cima dessa solução, para que a gente possa diminuir os acidentes que acontecem neste cruzamento, facilitar a vida e a integração urbana da cidade dos dois lados e, claro, levar mais segurança para toda a população e melhorar a logística de Cambé, Londrina e toda a região. Com a obra, teremos mais integração, vamos juntar Cambé, que hoje é, infelizmente, separada por uma BR, e com esse projeto visamos unificar cada vez o município. O Governo do Estado está disposto a colaborar nesta obra apresentada pela Prefeitura de Cambé com os recursos necessários”, disse o governador.


O deputado estadual Tiago Amaral, que faz parte da Comissão de Infraestrutura do Norte do Paraná, explicou que a obra é uma das prioridades da Comissão por trazer um grande impacto não só para Cambé, mas para toda a região, tendo em vista que a BR-369 é uma das rotas mais importantes e mais usadas para viagens e transporte de cargas.


Foi apresentado o projeto do viaduto usando a uma metodologia que faz a projeção da obra em 3D, com simulação do andamento das intervenções ao longo do tempo, garantindo maior precisão para orçar materiais, prever diferentes soluções a partir de cada etapa do projeto e corrigir erros antecipadamente.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá