Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Programa ‘Água Solidária’ realiza o recadastramento de mais de 800 usuários

08/04/24 às 15:56 - Escrito por Assessoria de Imprensa
siga o Tarobá News no Google News!

O programa “Água Solidária” da Sanepar, programa de tarifa social, voltado às pessoas de baixa renda, está realizando o recadastramento de 800 pessoas de forma presencial. Funcionários terceirizados da companhia estão visitando os beneficiários em sua residência para atualizar os dados cadastrais.

 

A Sanepar já atende 305,5 mil famílias no paraná com o programa água solidária, que tem tarifas reduzidas dos serviços de água e esgoto. Podem se inscrever famílias que moram em imóveis de até 70 metros quadrados, que tenham renda per capita de até meio salário mínimo e consumo mensal de até 10 mil litros. Para aquelas com mais de quatro pessoas, é considerado o consumo de até 2,5 mil litros de água por residente no imóvel.

Leia mais:

Imagem de destaque
COM PEDAÇO DE PAU

Dois homens levam surra da população após serem flagrados com moto furtada

Imagem de destaque
MUDANÇAS

Londrina tem novo presidente da Codel e a nova secretária de Gestão Pública

Imagem de destaque
VEJA COMO PARTICIPAR

Academias de CrossFit se reúnem em aulão beneficente neste final de semana

Imagem de destaque
MAIS CINCO MORTES

Londrina registra mais de 26 mil casos de dengue de acordo com novo boletim

 

Seis das 20 cidades com melhor saneamento básico do Brasil são do paraná


No programa água solidária, a tarifa de água (até 5 m³) é de R$ 12,10, enquanto na tarifa residencial normal é de R$ 45,25. A taxa de esgoto no programa equivale a 50% do consumo da água. Até 5 m³, o serviço de água e esgoto fica em r$ 18,16 para inscritos no água solidária. Na tarifa normal, custa por R$ 81,45, no consumo de até 5 m³.

 

Para o cadastramento no benefício é necessário apresentar ou enviar os seguintes documentos: conta mensal de serviços de água e esgoto da Sanepar; IPTU atual do imóvel, documento de autorização da prefeitura ou de autoridade superior; dos moradores: RG, CPF ou certidão de nascimento para menores de 18 anos; carteira de trabalho e último contracheque e, para aposentados, o extrato do INSS (instituto nacional do seguro social) do último salário.

 

Já o recadastramento pode ser feito em uma das unidades de atendimento da Sanepar ou por meio da visita dos terceirizados que se apresentam com o uniforme da Sanepar e crachá atualizam os dados. Esse benefício é válido por dois anos, por isso a necessidade de fazer o recadastramento. Em caso de dúvida, é possível entrar em contato pelo 0800 200 0115.  Em Londrina, o usuário pode procurar as unidades da Sergipe, Saul Elkind e rua Bélgica.  Às segundas e quintas, em Lerroville.  Às terças e sextas em Guaravera. E às quartas em Paiquerê.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá