Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Pronto Atendimento Infantil de Londrina registra superlotação nesta segunda

26/02/24 às 19:57 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

O Pronto Atendimento Infantil (PAI) de Londrina registrou mais um dia de superlotação, na noite desta segunda-feira (26). No local, crianças com todos os tipos de sintomas aguardavam atendimento há pelo menos sete horas.

 

De acordo com uma das mães, que estava com a filha desde o início da tarde, a menina chegou com febre de quase 40° e havia passado apenas pela triagem. “Tem que aguardar, não tem o que fazer”.

Leia mais:

Imagem de destaque
PERSEGUIÇÃO

Vídeo mostra perseguição da PRF antes de apreender carro com meia tonelada de maconha

Imagem de destaque
TRÂNSITO

Acidente seguido de tombamento é registrado na região central de Cascavel

Imagem de destaque
TRÂNSITO

Jovem fratura a perna em acidente em que moto parou embaixo de carro em Cascavel

Imagem de destaque
POLICIAL

Dois rapazes são encaminhados até a Delegacia por tráfico de drogas no Guarujá

 

Outra mãe contou que a filha sofreu uma convulsão na noite anterior, por isso buscou ajuda no Pronto Atendimento, porém com a superlotação, já esperava há mais de seis horas.

 

Em nota, a Secretária de Saúde de Londrina informou que a escala do dia estava com seis médicos e devido à alta demanda, outros dois foram chamados como reforço, totalizando oito profissionais. Ainda segundo a nota, a média de atendimento para cada criança estava demorando cerca de três horas.


Nesta terça-feira (27), a assessoria da Prefeitura entrou em contato com o Grupo Tarobá de Comunicação explicando que o Pronto Atendimento Infantil está com a escala de médicos completa, contando com seis médicos e mais dois de reforço, totalizando oito médicos.


"Registramos um aumento significativo no número de pacientes com suspeita de dengue. Cada paciente passa por no mínimo duas avaliações médicas. Casos que necessitam de hidratação são realizados no próprio pronto atendimento. Cada criança que necessita de hidratação leva, em média, três horas para completar o procedimento e estar recuperada, o que pode impactar o fluxo de atendimento no Pronto Atendimento Infantil", explica a nota. 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá