Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Secretaria da Mulher debate violência psicológica e autoestima nesta quinta

09/08/22 às 16:27 - Escrito por Redação Tarobá News

Nesta quinta-feira (11), às 14h, a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) de Londrina vai realizar uma palestra com o tema “Violência Psicológica e suas relações com a autoestima”. A atividade é aberta para as mulheres acima de 18 anos e será realizada na sede do Centro de Oficinas para as Mulheres (COM), que fica na Rua Valparaíso, 189, esquina com a Avenida Higienópolis. Há 20 vagas disponíveis e as interessadas em participar precisam se inscrever pelo WhatsApp (43) 9 9945-0056.


O objetivo do encontro é discutir a relação das formas de legitimação da violência psicológica com a autoestima e como as vivências familiares influenciam nesse aspecto. Isso porque, segundo a ministrante da palestra, a psicóloga e diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas da SMPM, Lisnéia Rampazzo, quando a pessoa tem uma baixa autoestima, um olhar sobre suas inabilidades e inseguranças, e experiências de vida que reforçam seus pontos fracos, torna-se difícil reconhecer o ato abusivo do outro. “A baixa autoestima é uma faca de dois gumes: assim como pode favorecer a escolha por parceiros com conduta violenta, pode facilitar a permanência em relacionamentos abusivos. Por isso, o intuito é dizer se fortaleça, desenvolva o amor próprio e suas potencialidades e habilidades, comece a ter confiança em si mesma, porque a partir desse momento você consegue ter uma barreira para qualquer ato abusivo do outro. A autoestima é uma forma de proteção”, explicou Rampazzo.


De acordo com ela, muitas pesquisas mostram que mulheres e crianças que viveram ou vivem em lares violentos têm pré-disposição a escolherem e permanecerem em relacionamentos violentos e abusivos, ou seja, “quando não se vivencia amor, carinho e respeito, qualquer ato do outro é lido como algo que a pessoa merece estar passando ou como ato de amor do outro, e não como algo negativo ou abusivo”, lembra a psicóloga.


Para ajudar as mulheres que se identificarem com as situações elencadas, a Secretaria de Políticas para as Mulheres oferece serviços específicos de atendimento, como o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CAM), que fica na  Avenida Santos Dumont, 408, no Boa Vista. O serviço possui uma equipe de profissionais da psicologia especializado nesse atendimento. As mulheres que quiserem saber mais podem telefonar para (43) 3378-0132. A ação faz parte do Agosto Lilás, mês de conscientização para o fim da violência contra a mulher.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá