Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Secretaria Municipal de Saúde investiga a morte de mulher na UPA Sabará

17/04/24 às 15:00 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Secretaria Municipal de Saúde de Londrina investiga a morte de uma mulher de 31 anos, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Sabará, na manhã desta terça-feira (17). Segundo a assessoria da Prefeitura de Londrina, a mulher chegou na unidade com uma parada cardiorrespiratória e os médicos fizeram os procedimentos para reanimação, mas não tiveram sucesso. 


A vítima teve sintomas de dengue, mas não há confirmação de que esta foi a causa da morte. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Felippe Machado, uma comissão será instaurada para investigar o caso.


"Nos solidarizamos com a família. Vamos instaurar uma comissão médica para avaliar os atendimentos que a paciente recebeu, não só no momento do óbito, mas também os atendimentos anteriores na rede. A comissão terá dez dias para apresentar um relatório e identificar se houve algum equívoco em relação ao protocolo estabelecido", afirmou. 

Leia mais:

Imagem de destaque
'DÍGITOS DE SUFOCAM'

Feirão do Imposto: comércio terá produtos e serviços com descontos neste sábado

Imagem de destaque
ATENÇÃO

Hospital Universitário da UEL promove "mutirão-aula" de cirurgia urológica

Imagem de destaque
ENTENDA

Dívida de Apucarana soma R$ 1 bi e município é o maior devedor do País

Imagem de destaque
PACOTE DE MELHORIAS

Governo do Paraná anuncia R$ 114 milhões de investimentos em Cambé


O último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde confirma mais 37 mortes no Estado. Agora, o Paraná totaliza 140 mortes pela doença no atual período epidemiológico, que iniciou em julho de 2023. Os dados do 32º Informe Epidemiológico apresentam também 219.045 casos confirmados, 34.226 a mais em relação ao informe anterior, além de 451.280 notificações e 97.083 casos em investigação.


Os óbitos ocorreram entre os dias 4 de fevereiro e 2 de abril de 2024. São 23 homens e 14 mulheres com idades entre 14 e 94 anos, residentes em 23 diferentes municípios, sendo que 27 tinham comorbidades.


Até o fim da investigação, a morte da mulher de 31 anos não será adicionada aos boletins municipais e estaduais. 



Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá