Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Suspeita de atacar jovem com soda disse que queria dar um susto por ciúmes

24/05/24 às 19:00 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Uma mulher, suspeita de jogar ácido no rosto e peitoral de Isabelly Aparecida em Jacarezinho, norte do Paraná, foi presa na madrugada desta sexta-feira (24). Em depoimento ela contou que agiu por ciúmes do marido e queria dar um susto na vítima. 


A mulher foi presa após a polícia receber denúncias de que a suspeita estava pedindo socorro no pátio de um hotel em Jacarezinho, alegando ser perseguida. Os policiais questionaram se a mulher teria envolvimento com o caso de Isabelly e a suspeita assumiu a autoria. 


Segundo a mulher presa, a motivação do crime foi uma suposta relação que Isabelly teve no passado, com seu marido. Após presa, a suspeita foi encaminhada à delegacia, onde a equipe dará prosseguimento às investigações. 

Leia mais:

Imagem de destaque
GRAVE

Bebê de 1 ano morre atropelado em Apucarana e suspeito é espancado por populares

Imagem de destaque
ENTENDA A HISTÓRIA

Conheça a história do Paçoca, cão que se envolveu em polêmica neste domingo

Imagem de destaque
EXPLICAÇÃO

Família nega que tenha abandonado cachorro e explica caso; cão está bem

Imagem de destaque
TRAGÉDIA

Homem morre após acidente de moto na Avenida Dez de Dezembro, em Londrina


A vítima foi atacada com soda cáustica em uma rua da cidade de Jacarezinho, na tarde da última quarta-feira (23) e está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Universitário de Londrina, em estado grave. Isabelly chegou a ser sedada e intubada, já que além das queimaduras no rosto, ela também chegou a ingerir parte do líquido. Mas de acordo com o último boletim médico, divulgado na tarde desta sexta-feira (24), o ácido não chegou a atingiu os olhos da Isabelly, ela já acordou e não está mais respirando por aparelhos. 



Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá