Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Luciano comenta discussão com Diniz: "Do nada ele me xingou"

14/05/24 às 16:23 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

O técnico do Fluminense, Fernando Diniz, discutiu com Luciano, atacante do São Paulo, e foi expulso de campo, no final do 1º tempo. As equipes se enfrentaram pelo Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira (13).


A discussão começou quando Manoel se lesionou e jogou a bola para fora, para receber atendimento médico. Luciano não esperou e tentou cobrar o lateral rápido. Uma segunda bola foi jogada em campo para atrapalhar a ação de Luciano, que se irritou com a comissão técnica do Flu.


Então Luciano começou a discutir com Diniz, até que a discussão virou generalizada e demorou mais de 5 minutos pra se resolver. Depois Daronco mostrou cartão amarelo para Luciano, enquanto Diniz foi expulso.

Leia mais:

Imagem de destaque
ENTENDA

Palmeiras busca contratação de centroavante após fechar reforços

Imagem de destaque
PROMESSA ARGENTINA

Palmeiras acerta a contratação do lateral argentino Agustín Giay

Imagem de destaque
CONFIRA!

Veja os atletas do Brasileirão que estarão na Copa América

Imagem de destaque
PELA PRIMEIRA VEZ

Mbappé treina com máscara que usará na Euro após fratura no nariz

Quando a expulsão foi anunciada, a torcida do São Paulo comemorou e xingou Diniz, que já foi técnico do time.


Depois que o jogo acabou, Luciano deu entrevista ao programa Boleiragem e apresentou a versão dele sobre tudo que aconteceu: “Quando o Manoel caiu, o Diniz do nada me xingou. Pedi pra ele não xingar. E depois ele falou que a amizade acabou. Se ele acha assim, acabou. Jamais xingaria ele na beirada do campo. Ele tem que ver que não é meu treinador mais. É da equipe adversária”.


Em entrevista coletiva, Diniz criticou Daronco pela expulsão: “O que todo mundo sabe é que no futebol todo mundo xinga. Quando tem discussão, a primeira coisa é xingar. No meio do futebol o palavrão é uma linguagem comum. Naquele instante eu xinguei. O Luciano xingou. Os outros xingaram. Se fosse expulsar, ia expulsar um monte. É uma linguagem comum e é a primeira vez que vi expulsar alguém por falar palavrão. Foi o que o Daronco me disse: ‘não pode falar palavrão’. Não tem critério. Um monte de palavrão foi falado no lance. Não se expulsa por falar palavrão".

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá