Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Messi tem o maior salário das Américas e Dudu fica em 6º

11/04/24 às 16:58 - Escrito por UOL
siga o Tarobá News no Google News!

Apesar de estar cada vez mais endinheirado e ousado na contratação de reforços, o futebol brasileiro ainda não é aquele que paga os maiores salários da América.


Esse posto continua pertencendo à MLS (Major League Soccer), o campeonato jogado majoritariamente por times dos Estados Unidos, mas que conta também com a participação de equipes do Canadá.


De acordo com informações do site especializado Capology, da própria MLS e de apuração feita pelo "Blog do Rafael Reis", seis dos dez jogadores mais bem pagos do continente disputam a liga da América do Norte, inclusive os donos dos cinco salários mais altos.

Leia mais:

Imagem de destaque
FIM DE CICLO

Thiago Alcântara anuncia saída do Liverpool ao fim da temporada

Imagem de destaque
CONFRONTO MARCADO

Jake Paul promete 'disciplinar' Mike Tyson em luta de boxe

Imagem de destaque
PALMEIRAS

Chelsea faz uma nova oferta por Estêvão aumentando valor fixo

Imagem de destaque
CONDENADO

MP se manifesta contra redução de pena do ex-jogador Robinho



Surpresa para ninguém

Considerando todos os rendimentos fixos previstos no seu contrato (salário, direitos de imagem e luvas por assinatura de contrato), ninguém ganha mais dinheiro no futebol das Américas que Lionel Messi.


O camisa 10 do Inter Miami fatura US$ 20,4 milhões por temporada (R$ 111,3 milhões), um rendimento bem abaixo do que teve no auge da sua carreira (Barcelona e Paris Saint-Germain), mas também um recorde histórico para o continente.


Número um no ranking publicado no primeiro semestre do ano passado, ou seja, antes da chegada de Messi a Miami, o italiano Lorenzo Insigne, do Toronto FC, ocupa agora a segunda colocação.


Além do craque argentino, apenas ele tem um contracheque superior a US$ 10 milhões anuais (R$ 50,8 milhões). O suíço Xherdan Shaqiri, que defende o Chicago Fire, completa o pódio.


Dudu é o número um do Brasil

O top 10 dos jogadores mais bem pagos do continente conta com apenas dois atletas de clubes brasileiros.


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá