Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Coleta de esgoto abrange 70% da população paranaense

23/02/24 às 15:22 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Conforme o Censo 2022, 62,5% da população brasileira morava em domicílios conectados à rede de coleta de esgoto. No Paraná, 70% dos domicílios têm acesso ao esgotamento por meio de rede coletora, pluvial ou fossa séptica.


As informações consideram moradores de residências particulares permanentes ocupadas, das quais 84,38% eram casas, 13,23% apartamentos e 2,28% casas de vilas ou condomínios, representando 4.209.432 estruturas totais.


Na comparação entre 2010 e 2022, todas as unidades da federação registraram crescimento da proporção da população residindo em domicílios com coleta de esgoto e da proporção da população habitando domicílios com esgotamento por rede coletora ou fossa séptica.

Leia mais:

Imagem de destaque
TRAGÉDIA

Idoso de 73 anos morre ao ser atropelado pelo próprio carro no PR

Imagem de destaque
ENTENDA

Laboratório do estado recebe em média 2 mil exames de dengue por dia

Imagem de destaque
CRESCIMENTO

Paraná tem a quarta menor desigualdade de renda do Brasil, aponta pesquisa do IBGE

Imagem de destaque
19 DE ABRIL

Dia dos Povos Indígenas: Estado reforça importância das políticas públicas transversais

 

Em Curitiba, por exemplo, na última pesquisa, 8.945 pessoas tinham esgoto sanitário em fossa rudimentar ou buraco (0,51%), 30.727 moradores em fossa séptica ou fossa filtro não ligada à rede (1.74%), 8.114 pessoas com esgotamento sanitário em rio, lago, córrego ou mar (0.46%) e 1.691.168 moradores em rede geral ou ligada à rede (96,91%).


Dados do Censo Demográfico 2022 revelam que as duas soluções de esgotamento sanitário mais comuns no Brasil eram por “Rede geral ou pluvial” (58,3%) e “Fossa séptica ou fossa filtro não ligada à rede” (13,2%), solução individual não ligada à rede, mas considerada adequada pelo Plano Nacional de Saneamento Básico.


“Entre os serviços que compõem o saneamento básico, a coleta de esgoto é o mais difícil, pois demanda uma estrutura mais cara do que os demais. O Censo 2022 reflete isso, mostrando expansão do esgotamento sanitário no Brasil, porém com uma cobertura ainda inferior à da distribuição de água e à da coleta de lixo”, explica o analista da pesquisa, Bruno Perez.


Censo 2022 Paraná

A pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou crescimento anual de 0,76% na população do Paraná, das quais 51,27% são mulheres. Já em relação a cor ou raça, 7.389.932 das pessoas são brancas, 3.440.037 pardas, 485.781 pretas e 100.244 amarelas. Os dados mostraram que a população residente do Estado é de 11.444.380, das quais 7.113 são quilombolas e 30.466 indígenas.


Em 2022, o rendimento nominal mensal domiciliar per capita no Paraná era de R$ 1.846, ficando na posição 6 entre os 27 estados. No mesmo período, a proporção de pessoas de 14 anos ou mais, ocupadas em trabalhos formais era de 71,4% e o rendimento médio real habitual do trabalho era de R$ 2.886.

É possível ter acesso aos dados completos na Plataforma Geográfica Interativa (PGI) e no panorama do Censo 2022.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá