Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação reúne lideranças e acadêmicos

18/03/24 às 09:24 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

Engajar a sociedade na definição de prioridades para a ciência, tecnologia e inovação. Esse é o objetivo da 5ª Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Paraná, mobilizada pelo Governo do Estado para impulsionar o desenvolvimento socioeconômico sustentável com base no conhecimento. O evento será nos dias 3 e 4 de abril, em Curitiba, com a participação de estudantes, professores, pesquisadores, segmento produtivo empresarial e terceiro setor. As inscrições são gratuitas e estão disponíveis AQUI


A Secretaria estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) está articulando uma programação colaborativa com várias instituições públicas e privadas das áreas de educação e pesquisa, além de ambientes promotores de inovação e organizações da sociedade civil. Com o tema Justiça, Sustentabilidade e Desenvolvimento, o intuito é promover a participação cidadã, a fim de subsidiar a formulação de políticas públicas para o fortalecimento e a ampliação do fomento científico, tecnológico e dos ecossistemas de inovação paranaenses.


A ação conta com a parceria da Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI), da Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). No âmbito nacional, o evento tem o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Leia mais:

Imagem de destaque
HOMEM PRESO

PCPR e PRF apreendem 500 quilos de maconha após perseguição a veículo em Icaraíma

Imagem de destaque
EM RIO NEGRO

Recorde no Guinness: menor cemitério do mundo é atração turística do Paraná

Imagem de destaque
CAMPOS GERAIS

Homem é condenado a mais de 19 anos de prisão por tentar matar a ex-mulher

Imagem de destaque
MPPR

Exposição rural em Paranavaí atende determinações e garante ingresso gratuito para doadores de sangue


A expectativa é reunir 400 participantes de todas as regiões do território paranaense, em torno de sete eixos temáticos: financiamento e a gestão da pesquisa e inovação; formação de recursos humanos qualificados; reindustrialização e incentivo para inovação nas empresas; programas e projetos estratégicos; defesa, valorização e difusão científica e tecnológica; desenvolvimento social e inclusão; e juventude.


Para conduzir as deliberações, foram indicadas 150 lideranças da comunidade científica, que durante os dois dias de programação, juntamente com os demais participantes, irão enriquecer os debates com foco nos avanços e desafios da área da ciência, tecnologia e inovação do Paraná. Os grupos de trabalho reúnem, ainda, mais de 20 relatores e moderadores, que irão atuar na articulação das sugestões de propostas.


O secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, destaca a importância da conferência para a democratização científica. “As conferências representam uma ação multissetorial e um espaço de diálogo aberto e plural para que as políticas públicas nessa área estejam alinhadas com as demandas e prioridades da sociedade, respondendo aos desafios e oportunidades do estado, da região e do país, de forma eficiente e eficaz na promoção do desenvolvimento científico, tecnológico e inovador”, afirma.


No primeiro dia do evento, além dos grupos de trabalho, está previsto um painel com representantes do governo sobre a área de ciência, tecnologia e inovação do Paraná. No segundo dia, o destaque será uma palestra sobre oportunidades de cooperação internacional, ministrada pelo jurista Dhallys Mota Nunes, que atua como oficial de políticas de ciência, tecnologia e inovação da União Europeia para o Brasil.


PROPOSTAS – O relatório da conferência estadual será utilizado como base preparatória para a conferência regional Sul, prevista para acontecer nos dias 25 e 26 de abril, também em Curitiba, com participantes e propostas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.


Em todo o Brasil, os eventos estaduais e regionais precedem a 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, que será realizada pelo MCTI, no período de 4 a 6 de junho, em Brasília (DF). Os documentos compilados nos eventos regionais devem contribuir para a elaboração da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI) 2024-2030.


PARCERIA – Além da UTFPR, anfitriã da conferência estadual deste ano, o evento envolve um grande conjunto de instituições de ensino superior: Universidade Federal do Paraná (UFPR); Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila); Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS); Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR); Universidade Estadual de Londrina (UEL); Universidade Estadual de Maringá (UEM); Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG); Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste); Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro); Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP); Universidade Estadual do Paraná (Unespar); e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).


Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá