Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Hospital Regional da Lapa realiza primeira cirurgia por vídeo da sua história

20/02/24 às 08:13 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

O Hospital Regional da Lapa São Sebastião (HRLSS), na Região Metropolitana de Curitiba, realizou nesta segunda-feira (19) a primeira cirurgia por vídeo de sua história. O procedimento em uma paciente de 40 anos foi possível devido à incorporação de uma torre de vídeo, adquirida pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) para reforçar a estrutura hospitalar. O equipamento teve um custo de aproximadamente R$ 500 mil. A cirurgia foi uma colecistectomia, que consiste em pequenos cortes na região abdominal para remoção da vesícula.


“Este hospital se tornou um símbolo das transformações que temos realizado, sob orientação do governador Ratinho Junior, em relação à expansão dos serviços de saúde no Interior do Paraná. Uma unidade que gradativamente vem sendo reestruturada e que agora também ofertará o serviço de cirurgias por vídeo, com a realização de até 15 procedimentos ao mês”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.


Com o novo equipamento, o hospital também passará a fazer cirurgias por videolaparoscopia nas áreas de urologia, ginecologia, cirurgia geral e trauma.

Leia mais:

Imagem de destaque
TRAGÉDIA

Guincho tem cabine arrancada e homem morre na área de escape da BR-376

Imagem de destaque
TRABALHO EM ANDAMENTO

DER/PR executa reforma geral em ponte na PR-439, em Santo Antônio da Platina

Imagem de destaque
EDTG

Escola de Dança Teatro Guaíra estreia nova temporada de apresentações nos colégios

Imagem de destaque
VÁRIAS CIDADES

PCPR prende 11 pessoas em operação contra grupo criminoso ligado a roubos a fazendas


O clínico-geral da unidade, Adriano Reimann, considerou o procedimento um grande sucesso. “Essa é uma cirurgia de média complexidade e que, por ser menos invasiva, traz diversas vantagens se comparada aos métodos tradicionais. Uma das principais diferenças se dá pelo tempo do procedimento, que normalmente levaria cerca de duas horas. Com o uso dessa tecnologia, o procedimento foi concluído em cerca de 35 minutos. O tempo de recuperação do paciente também é menor”, destacou.


NOVO PERFIL – Fundado em 1927 e referência para o município da Lapa e região, onde residem aproximadamente 270 mil pessoas, o HRLSS tem passado por uma reestruturação em seu perfil de atendimento, especialmente nos últimos quatro anos.


Em 2019, o hospital operava com 49 leitos, registrando 413 internações ao longo do ano. Identificado como subutilizado, o Estado optou por tomar medidas para expandir sua capacidade de atendimento. Em 2020, a gestão da unidade hospitalar foi transferida para o Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT), com o objetivo de comportar a demanda de pacientes durante a pandemia.


Como parte dessa iniciativa, foram ativados 40 leitos de isolamento respiratório inaugurada a primeira Unidade de Terapia Intensiva da Lapa, em 2021, destinada ao tratamento de pacientes com Covid-19. Como resultado, o número de internações apenas para pacientes com Covid-19 atingiu 1,4 mil.


Desde então, foram alocados aproximadamente R$ 21 milhões em reformas na unidade, abertura do Pronto-Socorro, atualizações na infraestrutura elétrica, nova pintura externa e aquisição de equipamentos adicionais, como aparelhos de Raio-X e outros para o Centro Cirúrgico.


Além da Lapa, o hospital também atende os municípios de Contenda, Antônio Olinto, Campo do Tenente, Porto Amazonas, São João do Triunfo, Palmeira, Balsa Nova, Quitandinha, Rio Negro, Piên, São Mateus do Sul e Agudos do Sul.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá