Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Manifestantes ameaçam bloquear completamente a PR 170

12/12/17 às 14:01 - Escrito por Redação Tarobá News
Na semana passada, manifestantes bloquearam a rodovia / Foto Rede Sul de Notícias -

Os integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) e do Movimento dos Posseiros (MP) ameaçam fechar completamente a PR 170, em Guarapuava, a partir desta quarta feira (13), dia em que a manifestação completa uma semana. (LEIA MAIS AQUI SOBRE O CASO).

Encerra hoje (12) o prazo que os manifestantes deram para que um representante do Incra, de Brasília, se reúna com eles e atenda as reivindicações.

O bloqueio iniciou de forma total na última quarta (06) e foi “relaxado” na sexta (08), quando um representante do Incra, de Curitiba, esteve no local e eles concordaram em bloquear a rodovia apenas no sistema “siga e pare”.

A partir de sábado, o bloqueio foi feito de maneira a apenas marcar a manifestação, mas sem deixar que se formem filas em ambos os sentidos da rodovia. Os veículos ficam parados, em média, 10 minutos no bloqueio até serem liberados.

Não há registros de ações violentas nesses seis dias de manifestação.

NOTA OFICIAL

Na manhã desta terça feira (12), o prefeito de Pinhão, Odir Gotardo, emitiu nova nota oficial, onde afirma que o momento é de apreensão pela falta de sensibilidade do Incra com a situação.

Leia, na íntegra, a nota de Odir Gotardo:

“O prazo solicitado pelo INCRA encerra hoje. O momento é de apreensão, pois até o presente momento não houve sinalização positiva no sentido de atender às reivindicações apresentadas ao representante do INCRA. Nossa angustia resulta dos desdobramentos resultantes da ausência do INCRA na solução do conflito. Percebemos de um lado a firme determinação das mobilizações em só recuar depois de estabelecido acordo que encaminhe a solução do problema fundiário. Percebemos de outro lado a inquietude de parte de nossa gente com as conseqüências da mobilização. Só o INCRA com intermediação do Governo Estado pode acalmar os ânimos apresentando propostas claras e assumindo compromissos concretos. Nós continuamos fazendo nossa parte para que tudo se encaminhe sem novos traumas. REITERAMOS QUE A FORÇA NÃO RESOLVE. A solução não é caso de policia e sim de desapropriação e assentamento. Rogamos que o Governo do Estado do Paraná atue com serenidade e auxilie a comunidade de Pinhão na formalização do compromisso do INCRA no atendimento da pauta apresentada e evite novos traumas.

A desocupação forçada da PR 170 ou a continuidade do bloqueio serão resultados da inércia do INCRA, ambas situações que afligem nossos munícipes sinalizando para desfecho que não desejamos.

Pinhão, 12 de dezembro de 2017.

Odir Antonio Gotardo – Prefeito de Pinhão”

Rede Sul de Notícias

© Copyright 2022 Grupo Tarobá