Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Paraná entra em nova fase em projeto do Sírio-Libanês sobre fortalecimento da rede de saúde

22/11/23 às 10:00 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recebeu nesta semana o resultado final de um projeto realizado dentro do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi). Ele é voltado para o fortalecimento das áreas de regulação e apoio à contratualização. O programa é conduzido pelo Hospital Sírio-Libanês, com o apoio do Ministério da Saúde (MS) e do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).


O projeto pretende revisitar o perfil assistencial dos hospitais em todo o País, focando nas necessidades de saúde das regiões em que atuam. No Paraná, o Hospital Regional do Litoral (HRL), em Paranaguá, e o Hospital Infantil Waldemar Monastier (HIWM), em Campo Largo, foram escolhidos para participar do projeto. Agora os resultados serão analisados internamente e os contratos de gestão podem ser ajustados baseado nas soluções apresentadas durante o trabalho.


As discussões durante o processo incluíram profissionais do nível central da Sesa, hospitais, Regionais de Saúde e Hospital Sírio-Libanês, e foram responsáveis pela definição de metas e processos de monitoramento e avaliações do HRL e HIWM, além da inclusão do processo chamado “alta qualificada”.

Leia mais:

Imagem de destaque
NOS 32 NÚCLEOS

Governo autoriza convocação de 1.144 professores aprovados no último concurso

Imagem de destaque
OPORTUNIDADES

Com 5,9 milhões de pessoas, Paraná chega ao maior número de empregados da história

Imagem de destaque
PARANÁ

Índice de desemprego do Paraná chega a 4,8% em 2023

Imagem de destaque
SEMANA QUE VEM

Promotoria de Justiça realiza atendimento em Matelândia, Vera Cruz do Oeste e Céu Azul


Esse novo método avaliou os profissionais de saúde que estão dentro dos hospitais e os possíveis retornos ou acompanhamentos dos pacientes (neste projeto, voltado especialmente para o atendimento materno-infantil) pela Atenção Básica. O trabalho envolve diretamente os municípios, com apoio das Regionais de Saúde, garantindo a continuidade do atendimento daquele cidadão, e prevenindo possíveis agravamentos de doenças que podem ser tratadas nas unidades básicas, e não necessariamente em hospitais.


“Esse trabalho é muito importante para o Paraná. Vamos identificar possíveis fragilidades e concentrar nossos esforços na elaboração de novos processos que garantam melhorias na construção, monitoramento e avaliação dos contratos dos hospitais nas Redes de Atenção à Saúde do Estado”, afirmou o diretor de Unidades Próprias da Sesa, Guilherme Graziani.


A especialista de Projetos do Hospital Sírio-Libanês, Elisabete Costa Reis Dutra, exaltou o trabalho realizado pelo Paraná. “A visão crítica e a maturidade da secretaria foram fundamentais para a formulação desse plano de ação que será replicado certamente em muitos outros hospitais. O que foi construído aqui é um diferencial para o País”, disse.


A experiência exitosa do Paraná será apresentada no próximo mês em um evento nacional realizado pelo MS e Conass, em Brasília.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá