Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Paraná representou 35% dos R$ 5,8 bilhões financiados pelo BRDE em 2023

26/03/24 às 09:03 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgou nesta segunda-feira (25) o balanço financeiro auditado referente ao ano de 2023, que reforça o crescimento de suas operações. Os contratos do ano passado totalizaram montante de R$ 5,8 bilhões. Os recursos direcionados para projetos estratégicos em diferentes setores da economia representaram um aumento de 32,1% em relação ao ano anterior (R$ 4,2 bilhões).


Do total operado pelo BRDE, o Paraná foi responsável por R$ 2,05 bilhões, cerca de 35% do valor, fruto de 2.367 contratos firmados. Em relação ao valor de 2022, com R$ 1,7 bilhão, o banco registrou um crescimento de quase 20%. Os setores que mais tiveram contratações foram os de comércio e serviços, com 33% das operações, e indústria, com 31,5%.


A instituição tem como foco o apoio ao desenvolvimento econômico e social da região Sul do Brasil, principalmente para o fortalecimento de empresas e estímulo à inovação. Os financiamentos também abrangeram infraestrutura urbana, projetos de sustentabilidade, agronegócio e atendimento a micro e pequenas empresas.

Leia mais:

Imagem de destaque
AJUDA AO RS

Aviões do Paraná levam veterinários, medicamentos e internet ao Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
REFORÇO NA SEGURANÇA

Paraná envia policiais militares para auxiliar o Rio Grande do Sul na coibição de crimes

Imagem de destaque
SEIS DIAS DE OPERAÇÃO

Forças de salvamento do Paraná já resgataram 857 pessoas no Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
EM 2024...

PRF flagra por dia mais de 450 motoristas em excesso de velocidade no Paraná


“Desde 2019, o BRDE alavancou sua eficiência no Sul, seguindo a diretriz dos respectivos governos estaduais, ao pulverizar e customizar o crédito por meio da diversificação de fundos e das parcerias que estabelecemos nesse período”, analisa o diretor Financeiro, Wilson Bley Lipski. “Nos últimos quatro anos, passamos de R$ 2,4 bilhões em contratos anuais para R$ 5,8 bilhões, um aumento de 137%. Esse panorama demonstra que o trabalho do BRDE em prol do desenvolvimento econômico, social e de sustentabilidade é muito ativo”.


“O avanço dos resultados do banco nos últimos anos e especialmente em 2023 demonstra o comprometimento da instituição em ser um instrumento que alavanca a economia da região”, complementa o diretor Administrativo, João Biral Junior.


DESTAQUES – Alguns dos destaques da apresentação foram avanços em programas setoriais da instituição. Durante o ano passado, o BRDE implementou medidas para avançar no conceito de Banco Verde. Foram R$ 1,13 bilhão em negócios ligados a essa linha, com 759 contratos diretos e indiretos. Em junho do ano passado, foi instalado um sistema de placas fotovoltaicas na agência de Curitiba, que geram uma média anual de 168.000 KWh. 


Outro destaque ficou com o BRDE Labs Paraná, plataforma de impulsão de startups, que foi eleito o terceiro melhor programa na categoria de inovação ambiental na premiação da Escola Nacional de Administração Pública. O BRDE propôs quatro desafios relacionados ao tema Inovação Verde e Equidade e, ao final, 181 empresas se inscreveram e 10 foram aceleradas.


Também no último ano, o BRDE destinou recursos via incentivos fiscais para a manutenção do Heimat Museum, na Colônia Witmarsum, que conta a história da imigração alemã no Paraná. Outro destaque foi o incentivo ao esporte, como no caso do projeto “Ginástica Fantástica – Uma Nova Possibilidade”, em Pinhais e Piraquara, para custear treinamento de alto nível para seus atletas, novos uniformes e garantir participações em competições oficiais de ginástica do pré-infantil ao adulto.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá