Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

PCPR deflagra operação contra organização ligada ao tráfico de animais silvestres em todo país

26/02/24 às 08:08 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira (26) para cumprir 24 ordens judiciais contra uma organização criminosa ligada ao tráfico de animais silvestres e exóticos em todo o país. São 11 mandados de prisão temporária e 13 de busca e apreensão. 


A ação acontece simultaneamente nas cidades de Curitiba, Araucária, Almirante Tamandaré, São José dos Pinhais, Matinhos, Colombo, Campina Grande do Sul, no Paraná e em Joinville, em Santa Catarina. A operação conta com o apoio da Polícia Militar do Paraná, da Polícia Científica, do Instituto Água e Terra, da Prefeitura de Curitiba e do Criadouro Onça Pintada.


As investigações iniciaram em junho de 2023 para apurar o tráfico desses animais em todo o território nacional e apontaram que os criminosos chefiavam 27 grupos de aplicativos de mensagens destinados exclusivamente a esse comércio ilegal, além de integrarem dezenas de outros grupos que continham mais de 20 mil membros, com conexões internacionais no Paraguai e Venezuela. Também eram usadas as redes sociais. As envios eram feitos pelos Correios e aplicativos de entregas.

Leia mais:

Imagem de destaque
PARCERIA

Fomento Paraná recebe representantes de agências de fomento e do Sebrae de outros estados

Imagem de destaque
GRANDE DESTRUIÇÃO

MPPR oferece denúncia contra homem que incendiou colégio estadual em Itaúna do Sul por ciúmes da namorada

Imagem de destaque
BOLETIM DA FIOCRUZ

Paraná apresenta tendência de aumento de síndromes respiratórias graves no longo prazo

Imagem de destaque
TRAGÉDIA

Idoso de 73 anos morre ao ser atropelado pelo próprio carro no PR


O recebimento dos valores da atividade criminosa era por meio contas bancárias de laranjas, inclusive de pessoas que já morreram. Dentre os crimes investigados estão tráfico de animais, falsificação de documento público, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá