Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Plataforma da Receita permite acompanhamento da produção rural pelos municípios

02/11/23 às 17:21 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

A Receita Estadual do Paraná colocou no ar o terceiro módulo do Portal dos Municípios, que oferece às cidades paranaenses a possibilidade de acessar o Relatório de Produtor Rural. Dessa forma, o novo recurso, desenvolvido em parceria com a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar), disponibiliza às gestões municipais do Estado informações relacionadas às notas fiscais emitidas por produtores rurais registrados em suas respectivas áreas de jurisdição.


A ferramenta permite um acompanhamento mais eficiente da produção rural nos territórios municipais e, consequentemente, promove melhor fiscalização e uma visão mais abrangente sobre aquilo que é produzido localmente.


O portal é uma iniciativa que viabiliza a troca de dados fiscais entre as prefeituras e o Estado. Além do novo acesso ao Relatório de Produtor Rural, a plataforma oferece outras informações econômicas e fiscais, como a Declaração de Informações de Meios de Pagamentos (DIMP), documento usado para informar ao Fisco os meios de pagamento usado nas transações financeiras, como cartões de crédito, débito, cheques, entre outros instrumentos.

Leia mais:

Imagem de destaque
PARANÁ

1º do País a implantar sistema de notificação de medicamentos antifúngicos

Imagem de destaque
CONFIRA!

Universidades estaduais têm 262 vagas abertas para cursos de mestrado e doutorado

Imagem de destaque
NA UFPR

Alunos de universidades estaduais podem se inscrever em disciplinas de pós

Imagem de destaque
PARANÁ

Colheita atípica de soja eleva exportações do Paraná em 282% em janeiro


O portal também proporciona um conjunto de serviços padronizados, o que auxilia na gestão econômica e fiscal e facilita as decisões dos gestores municipais, além de contribuir para a eficácia da fiscalização, da promoção da conformidade e da arrecadação em âmbito local.


Para acessar os dados, informações e relatórios disponibilizados no portal, os municípios precisam aderir ao serviço por meio de um convênio de cooperação técnica entre os órgãos estaduais e as prefeituras. Todas as informações e serviços disponibilizados são estritamente compatíveis com a competência tributária municipal e a legislação pertinente.


Segundo a Receita Estadual, até o momento, cerca de 100 municípios já aderiram ao portal. As cidades interessadas podem fazer a adesão por meio do E-protocolo, enviando o pedido para a Receita Estadual.


Segundo o auditor fiscal Lhugo Tanaka, responsável por supervisionar o desenvolvimento da ferramenta, o novo instrumento representa um avanço na gestão financeira e fiscal de cada município. "A plataforma pode ser uma aliada das administrações municipais no sentido de auxiliá-las a tomar decisões com base em mais dados e informações, o que pode resultar também em um aprimoramento da coleta de impostos e na fiscalização tributária”, enfatiza.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá