Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Programa Disque-Denúncia 181 recebeu mais de 45 mil denúncias em 2022

25/12/22 às 16:40 - Escrito por Agência Estadual de Notícias
siga o Tarobá News no Google News!

O programa Disque-Denúncia 181, da Secretaria da Segurança Pública (Sesp), recebeu mais de 45 mil denúncias de janeiro a novembro de 2022. As aproximadamente 134 denúncias recebidas diariamente, via telefone ou site, ajudaram no combate ao crime organizado e à violência e resultaram em prisões e apreensões de drogas e ilícitos durante o período.


Foram 1.064 prisões e duas toneladas de entorpecentes apreendidas de janeiro a novembro de 2022 em decorrência da identificação de pontos de tráfico, locais de crimes, localização de foragidos da Justiça, entre outros. Também foram apreendidas duas mil unidades de ecstasy e LSD, além de 331 armas de fogo e munições.


Todas as prisões e apreensões mencionadas tiveram início com denúncias anônimas pelo 181, que auxiliaram as forças a atuar, de modo repressivo e estratégico, contra diferentes modalidades criminosas. As ações geradas pelas denúncias anônimas resultaram ainda no fechamento de laboratórios e plantações de drogas, gerando grandes prejuízos ao crime organizado em várias localidades do Paraná.  

Leia mais:

Imagem de destaque
CONFIRA

Promotoria de Justiça divulga datas de atendimentos em Planaltina do Paraná e Santa Mônica

Imagem de destaque

MPPR recomenda que prefeito de Jandaia do Sul pague piso nacional aos professores do município

Imagem de destaque
DIA 7

Primeira reunião do R-20 de 2024 acontece em março e terá foco na logística reversa

Imagem de destaque
OPORTUNIDADE

Concurso com sete vagas na Polícia Penal do Paraná está com inscrições abertas


Dentre as mais de 45 mil queixas anônimas registradas no Disque-Denúncia 181 em 2022, as que lideram são as de tráfico de drogas, com 15.866 registros (35%). Em segundo lugar, maus-tratos a animais domésticos, com 9.384 (21%), seguidos pelos crimes ambientais com 4.797 denúncias (11%).


No meio da lista, seguem o comércio ilegal ou tráfico de armas de fogo e munições, com 4.006 denúncias (9%), uso de drogas, com 1.992 (4%), e violência contra crianças e adolescentes, com 1.461 (3%). 


A lista dos dez crimes mais denunciados também conta com violência contra a pessoa idosa, com 1.270 (3%), violência contra a mulher, com 884 (2%), procurados da Justiça, com 901 (2%), e porte ilegal de arma de fogo, com 883 registros (2%).


Segundo o chefe do Centro Integrado de Denúncias 181, major Edivan Fragoso, a missão do programa é coletar, processar, registrar e difundir informações relacionadas a diversas modalidades criminosas e dar o direcionamento preciso, a fim de que as forças policiais possam atuar de modo integrado e estratégico, em diferentes regiões do Estado.


“As denúncias anônimas possuem riqueza de detalhes, o que possibilita uma resposta efetiva no combate à criminalidade. Elas dão subsídios às forças policiais para que possam atuar preventivamente e repressivamente”, disse.  


DENÚNCIAS – O contato com as forças policiais pode ser feito de forma gratuita por telefone, discando 181, ou no site do Disque-Denúncia. Tanto pelo telefone quanto pela internet, é possível manter o sigilo e o anonimato.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá