Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Richa autoriza reformas em 12 escolas do Oeste do Paraná

21/12/17 às 18:32 - Escrito por Ellen Santos
Foto: AEN -

O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira (21) a autorização para início de obras de reforma em 12 colégios estaduais de Foz do Iguaçu, Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Missal e Itaipulândia, na região Oeste do Paraná. O investimento soma R$ 2,5 milhões.

O evento foi realizado no colégio Monsenhor Guilherme, em Foz do Iguaçu, um dos mais antigos do município, que também será beneficiado. “Vamos melhorar a estrutura física destas escolas, com grandes reformas, necessárias já há algum tempo”, disse o governador.

Os prédios escolares receberão melhorias como reformas de salas de aula, de quadras de esporte, banheiros, cozinha, refeitório, telhado, forros, da rede elétrica, do sistema pluvial, além de calçamento e pintura externa e outros problemas emergenciais.

Em Foz do Iguaçu, além do Monsenhor Guilherme, serão reformados os colégios Presidente Castelo Branco, Bartolomeu Mitre, Juscelino Kubitschek e Sol de Maio. Em Medianeira, são beneficiados os colégios estaduais Costa e Silva e Olavo Bilac. Em Missal, passarão por reformas o Santos Dumont e o Padre Eduardo Michelis. Em São Miguel, os colégios Castelo Branco e Coelho Neto e, em Itaipulândia, passará por obras o Colégio Estadual Arandu Renda.

Na solenidade, o governador lembrou que existem hoje mais de mil escolas com obras de melhoria, por meio do programa Escola 1.000. Ele destacou outras ações para aprimorar o ensino, como o investimento, de R$ 283 milhões, para informatização das escolas. “Elas receberão computadores, notebooks, internet banda larga com fibra óptica para melhorar ainda mais a qualidade do ensino e a desejada modernização e eficiência na educação do Paraná”, disse Richa.

Ele lembrou que a área da educação recebe 35% do total de receitas das receitas correntes líquidas do Estado. Neste ano foram aplicados na área R$ 10 bilhões. “Não tenho notícia de outro estado que invista um percentual tão significativo como o Paraná”, afirmou o governador.

PRIORIDADES - As obras autorizadas nestas 12 escolas não fazem parte do programa Escola 1.000 - que vem sendo executado desde o início do ano e pelo qual mil unidades escolares receberam R$ 100 mil para obras e reparos que elas próprias determinam.

Nas autorizações feitas agora, explicou o diretor-presidente do Instituto Fundepar, Sérgio Brun, a comunidade escolar apresenta suas prioridades e o Governo do Estado faz a reforma. “A escola define o que precisa, envia ao chefe do Núcleo Regional da Educação, que dá o parecer, encaminha ao Instituto Fundepar, que faz as reformas necessárias”, disse Brun.

O trabalho com os diretores das escolas foi iniciado há quatro meses, explicou o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni. “Fizemos reunião para saber onde poderíamos melhorar e como poderíamos otimizar os recursos”, disse ele. “Hoje o governador autorizou o início da reforma destas 12 escolas. Mas vamos atender mais”, afirmou. Em Foz do Iguaçu, a intenção é atender a todas as unidades estaduais do município.

AEN


© Copyright 2022 Grupo Tarobá