Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Sanepar capta R$ 194 milhões para projetos de eficiência energética

19/12/17 às 15:17 - Escrito por Ellen Santos
siga o Tarobá News no Google News!

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) poderá investir R$ 194 milhões (50 milhões de euros) em projetos de eficiência energética para as estações de tratamento de esgoto. O valor virá de um financiamento captado junto ao banco alemão KFW. Como contrapartida, a estatal paranaense vai aplicar outros R$ 48,5 milhões (12,5 milhões de euros).

O contrato de empréstimo foi assinado pelo governador Beto Richa, o presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Mounir Chaowiche, e o diretor de Investimentos da estatal, João Martinho Cleto Reis Junior, no último dia 11 de dezembro, em Frankfurt, na Alemanha.

O financiamento vai viabilizar ações do Programa Paraná Bem Tratado e será aplicado na reabilitação, ampliação e implantação de dez estações de tratamento de esgoto em Curitiba, Londrina, Maringá, Umuarama, Araucária, Toledo, Arapongas e Guarapuava. A iniciativa do governo paranaense está alinhada ao “Probiogás”, programa do Ministério das Cidades.

Leia mais:

Imagem de destaque
CELEPAR

Aplicativo Menor Preço ajuda a economizar no presente de Dia das Mães

Imagem de destaque
IAT

Imagens de satélite: 1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas

Imagem de destaque
RMC

PCPR prende quatro pessoas em flagrante por tráfico de drogas em Quatro Barras

Imagem de destaque
SATÉLITE

1ª operação remota contra desmatamento aplica R$ 5,9 milhões em multas

De acordo com Mounir Chaowiche, a Sanepar espera encontrar, com este acordo, soluções técnicas não existentes no mercado nacional. “A ação reflete a busca da Sanepar por mais eficiência energética e a redução de impactos ambientais”, informa o presidente da estatal de saneamento.

Os principais objetivos são reduzir a emissão de gases de efeito estufa com a destinação adequada do biogás, assegurar que as estações de tratamento de esgoto respeitem a legislação ambiental, reduzir os custos de energia elétrica e capacitar o corpo técnico e operacional da empresa.

Os termos e as condições do empréstimo cumprem os requisitos da Organização de Cooperação para o Desenvolvimento Econômico (OCDE) para seu reconhecimento como Assistência Oficial do Desenvolvimento (ODA). O contrato de financiamento firmado com o KFW foi anteriormente aprovado pelo Conselho de Administração da Sanepar.

AEN

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá