Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Secretário participa de reunião do Consej em Brasília

06/02/20 às 18:46 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

O secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, participou nesta quarta-feira (05) da reunião do Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Justiça da Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej), em Brasília.

Marinho aproveitou para fazer tratativas relacionadas à segurança pública do Paraná, e também esteve em audiências exclusivas com o presidente Jair Bolsonaro e com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

“Foi altamente positivo para o Paraná porque na reunião conversamos sobre diversas demandas e ideias que vão melhorar a estrutura da gestão penitenciária no Estado. Com outros secretários, entregamos uma carta aberta para o presidente, por meio da qual fazemos solicitações como, por exemplo, o fortalecimento do Depen como coordenador das políticas penitenciárias”, disse o secretário.

Leia mais:

Imagem de destaque
NOVA EDIÇÃO

Estão abertas as inscrições para curso gratuito de internet segura para idosos

Imagem de destaque
TEMPO

Sob influência do La Niña, inverno terá ondas de frio e veranicos, indica Simepar

Imagem de destaque
DENGUE NO PARANÁ

Boletim da Saúde registra 25.028 novos casos da doença e mais 46 óbitos no Paraná

Imagem de destaque
AGÊNCIA DO TRABALHADOR

Copel abre novas vagas para curso gratuito de formação de eletricistas

Dentre os temas abordados na reunião do Consej estavam a normatização da polícia penal, fontes de recursos do Fundo Penitenciário (Funpen) e a Força de Cooperação Penitenciária, além da troca de experiências e alinhamento de práticas relativas à execução penal de todo o país e apoio entre os órgãos de gestão penitenciária. A progressão de regime e outras mudanças no sistema penitenciário, de acordo com a Lei Anticrime, também foi debatida.

Está previsto para o próximo mês um novo encontro para debater novamente a normatização da polícia penal no país. Esta foi a primeira reunião do Conselho neste ano, e contou com a presença dos secretários e representantes dos 26 estados do país. A abertura foi feita pelo ministro Sérgio Moro e pelo o diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional, Fabiano Bordignon.

PARCERIAS - O encontro com o Governo Federal serviu também para discutir sobre parcerias em grandes projetos que estão em andamento no Estado. Recentemente foram assinados dois convênios que irão disponibilizar recursos para a área da Polícia Científica do Paraná. Ao todo serão cerca de R$ 28 milhões de investimentos, parte para a computação forense e outra parte para outros projetos da Polícia Científica.

O Paraná conta ainda com outros dois projetos em parceria com o Governo Federal. O programa Em Frente Brasil, lançado em agosto de 2019 e que colaborou para a redução dos índices criminais em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. E o Centro Integrado de Operações de Fronteira (CIOF), unidade formada por forças nacionais e estaduais, que trabalham integradas em ações estratégicas. O centro atua prioritariamente em três frentes: operações ostensivas, auxílio das investigações e combate às facções criminosas.

AEN

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá