STF revoga prisão de auditor fiscal

Sthefany Terlera
Paraná | Publicado em 10/08/2017 às 07:29

Foto: TV Tarobá Londrina

O Supremo Tribunal Federal (STF) revogou a prisão preventiva de Orlando Aranda, auditor fiscal da Receita Estadual. A liminar foi concedida pelo Ministro Gilmar Mendes. 

Investigado na Operação Publicano IV, Aranda foi preso pelo Gaeco na casa dele no dia 08 de julho. O mandado foi expedido pelo juiz Juliano Nanuncio, a pedido do Ministério Público, porque o auditor estava filmando o promotor Renato Lima Castro para uma suposta investigação pessoal.

A defesa alegou que no boletim feito pela Polícia Militar (PM) não havia provas disso. No material recolhido na casa do auditor também não havia algo que o incriminasse. 



Relacionados

Cascavel | 06-10-2018 17:41

Jovem se fere fazendo trilha de moto no Santa Felicidade

Jovem se fere fazendo trilha de moto no Santa Felicidade

Cascavel | 06-10-2018 15:43

Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade na matrícula dos filhos

Mulheres vítimas de violência doméstica terão prioridade na matrícula dos filhos

Cascavel | 06-10-2018 14:27

Intervenção militar é realizada nos pedágios do Paraná

Intervenção militar é realizada nos pedágios do Paraná

Londrina | 06-10-2018 10:04

Previsão em Londrina é de chuva para este sábado e domingo

Previsão em Londrina é de chuva para este sábado e domingo

PUBLICIDADE