Motorista de caminhão que perdeu tambor de freio e matou professora é ouvido pela polícia

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 20/07/2019 às 16:34

Em depoimento na última sexta-feira (19) à delegacia de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, o motorista do caminhão, que perdeu tambor de frio que matou a professora Roseli Salles, afirmou não ter percebido nada de anormal durante a viagem da última quarta-feira (17), na Rodovia do Xisto.

LEIA MAIS: Caminhão que perdeu tambor de freio e matou mulher é encontrado

Tambor de freio se desprende de caminhão e mata mulher após entrar pelo para-brisa de carro

O motorista se apresentou à polícia um dia após o dono da empresa de transporte prestar depoimento, ao afirmas que um dos caminhões da sua frota pode ter sido o responsável pela morte. De acordo com o delegado Thiago Wladyka, responsável pelas investigações, o condutor trabalha em uma madeireira e, naquele dia, foi buscar uma carga de madeiras na cidade da Lapa.

O delegado agora aguarda o laudo da Criminalística para encerrar o inquérito policial.

Confira a materia completa em: Banda B




Relacionados

Apucarana | 21-01-2020 21:35

Homem é condenado a 24 anos de prisão por estuprar a filha e obrigá-la a abortar

Homem é condenado a 24 anos de prisão por estuprar a filha e obrigá-la a abortar

Curitiba | 21-01-2020 21:22

Mulher descobre que marido abusava da filha de cinco anos

Mulher descobre que marido abusava da filha de cinco anos

Sarandi | 21-01-2020 20:35

Pintor baleado na cabeça durante briga familiar morre no Hospital

Pintor baleado na cabeça durante briga familiar morre no Hospital

Cascavel | 21-01-2020 19:35

Polícia Civil emite nota sobre protesto realizado no Brasmadeira

Polícia Civil emite nota sobre protesto realizado no Brasmadeira

PUBLICIDADE