Delegado dá detalhes sobre bebê que morreu vítima de estupro

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 23/02/2018 às 09:33

O Delegado Edgar Santana deu detalhes a respeito do caso em que o bebê  morreu vítima de agressões e abuso sexual em Ramilândia nesta quinta-feira (23). 

A menina de um ano e onze meses deu entrada no hospital com diversas lesões e logo em seguida não resistiu aos ferimentos e morreu. Foi constatado ainda o sagramento vaginal, o que deu indício do abuso sexual. 

De acordo com informações do delegado, o bebê estava chorando em casa, momento em que o padrasto se descontrolou e começou a agredi-lo. Ele afirmou aos policiais que apenas colocou o dedo e não houve conjunção carnal. 

Socorristas do Samu foram acionados pelo próprio padrasto, no entanto, o bebê já estava desacordado e mesmo assim foi levado ao hospital. 

A mãe estava trabalhando no momento do crime e disse que tinha um relacionamento bom com o homem há seis meses. 

O homem assumiu a autoria e permanece detido. 

O corpo do bebê foi trazido ao IML de Cascavel. 



Relacionados

Pato Bragado | 18-02-2020 17:03

Veículo e embarcação carregados com cigarros são apreendidos

Veículo e embarcação carregados com cigarros são apreendidos

Pato Branco | 18-02-2020 16:47

Idoso morto na cadeia pública de Pato Branco tinha sido preso por estupro

Idoso morto na cadeia pública de Pato Branco tinha sido preso por estupro

Londrina | 18-02-2020 16:46

Justiça prorroga prisão de policiais civis acusados de desviarem carga

Justiça prorroga prisão de policiais civis acusados de desviarem carga

Ponta Grossa | 18-02-2020 16:16

Morre homem baleado na cabeça na Vila Cipa

Morre homem baleado na cabeça na Vila Cipa

PUBLICIDADE