Duas adolescentes desaparecidas de Jataizinho são encontradas na zona oeste em Londrina

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 03/06/2017 às 10:54

 Duas das três adolescentes que estavam desaparecidas em Jataizinho desde sexta (26) foi encontrada na noite desta sexta feira (02) em Londrina. A primeira foi encontrada depois da polícia civil receber informações de que uma das meninas iria para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona oeste da cidade. Na abordagem, um jovem de 19 anos, identificado como Douglas Rodrigues Moreira, acompanhava a adolescente. Ele foi detido e levou os policiais até a casa onde estavam as outras meninas, na Rua Caetano Otranto, no Jardim Shangri-lá.

No local, a polícia encontrou a segunda adolescente e também um homem identificado como Paulo Ferreira Moreira de 35 anos, que seria tio de Douglas. Segundo informações, o sobrinho teria levado as meninas até a casa do tio e dito que iria passar alguns dias na residência. O Conselho Tutelar foi chamado e levou as duas adolescentes para a casa dos familiares, em Jataizinho. As adolescentes informaram que a terceira menina, Jady Ormenezes de Oliveira de 15 anos, também estava na casa, mas depois de um desentendimento, foi embora e não voltou mais.

Douglas e Paulo prestaram depoimentos e foram liberados. As adolescentes também prestaram depoimento, explicando o motivo do sumiço, mas a polícia ainda não divulgou o conteúdo.



Relacionados

Cascavel | 24-09-2018 08:36

PM frustra tentativa de roubo e três pessoas são detidas

PM frustra tentativa de roubo e três pessoas são detidas

Foz do Iguaçu | 24-09-2018 08:20

Jovem é executado com mais de 30 tiros em Foz do Iguaçu

Jovem é executado com mais de 30 tiros em Foz do Iguaçu

Renascença | 24-09-2018 08:12

Polícia Militar identifica rinha de galo no interior de Renascença

Polícia Militar identifica rinha de galo no interior de Renascença

Santa Helena | 24-09-2018 08:10

Homem é encontrado morto com marcas de atropelamento na PR 317

Homem é encontrado morto com marcas de atropelamento na PR 317