Linha 4

Publicidade

Homem relata que não tem participação no crime contra Sandro Rossi

Redação Tarobá News

Um homem procurou a imprensa nesta tarde (30), para relatar que está sendo acusado de ser o suspeito da tentativa de homicídio, no bairro Santa Cruz, em Cascavel, na última quarta-feira (24).

Deividi Marcos da Costa de Souza, 30 anos, relata que procurou três vezes a Delegacia de Homicídios e não foi ouvido. Segundo ele, policiais foram até a casa dele, mas nada foi explicado. O homem trabalha com carros e fala, que um dos seus veículos sem motor chegou a ser levado ao pátio da 15ª SDP.

E ele ainda explica sobre a morte de Sandro Rossi: "para os familiares entenderem que eu não tenho nada a ver com isso, me acusando de coisas injustas, me caçando que nem um fugitivo, um criminoso".

Ele estava acompanhado de seus advogados, e diz temer pela sua segurança e da sua família.


Confira a nota da Polícia Civil:

As diligências sobre a tentativa de homicídio ocorrida contra Sandro Rossi continuam em andamento nesta unidade policial, sendo que a Delegacia de Homicídios já tem uma linha de investigação avançada.

No que tange a oitivas, a Delegacia de Homicídios segue uma pauta de agendamento, tanto de casos recentes, quanto de casos mais antigos. A fim de se preservar a integridade tanto da investigação, quanto dos envolvidos, a D. H. mantém as informações em sigilo.


Leia mais:  Homem é atingido por aproximadamente 20 tiros no Santa Cruz

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.