PF confirma que a agente Melissa de Almeida foi morta a mando do PCC

Antonio Mendonça
Policial | Publicado em 27/11/2017 às 10:15

A Polícia Federal de Cascavel deu como encerrado o inquérito que investiga a morte da agente penitenciária federal, Melissa de Almeida Araújo, 37 anos, assassinada a tiros neste ano no condomínio onde morava no bairro Canadá. 

O marido da vítima, o policial civil Rogério Ferrarezi também foi baleado, mas sobreviveu aos ferimentos.

Conforme o que foi apurado, Melissa que atuava como psicóloga na penitenciária federal de segurança máxima de Catanduvas, foi morta sob ordem do PCC (Primeiro Comando da Capital).

O responsável pela Polícia Federal de Cascavel, delegado Marco Smith, afirmou que o homicídio foi esclarecido e que a documentação conseguida durante os seis meses de investigações foi entregue ao Ministério Público Federal para que tome as providências.



Relacionados

Curitiba | 03-06-2020 17:32

Jovem é executado a tiros por ocupantes de carro em Curitiba

Jovem é executado a tiros por ocupantes de carro em Curitiba

Curitiba | 03-06-2020 17:04

Ex-vereador de Curitiba é condenado na Operação Quadro Negro

Ex-vereador de Curitiba é condenado na Operação Quadro Negro

Marechal Cândido Rondon | 03-06-2020 16:15

PRF apreende carro recheado de cigarros em Marechal Cândido Rondon

PRF apreende carro recheado de cigarros em Marechal Cândido Rondon

Palmeira | 03-06-2020 16:05

Polícia Civil prende suspeito de desviar carga de 32 toneladas de soja do Mato Grosso

Polícia Civil prende suspeito de desviar carga de 32 toneladas de soja do Mato Grosso