Linha 4

Publicidade

PM acredita que família desaparecida tenha sido sequestrada

Redação Tarobá News

Uma família está desaparecida na cidade de Cruzeiro do Oeste e a Polícia Militar suspeita inicialmente de sequestro. As circunstâncias que levam a crer neste tipo de crime são o fato de que dois veículos foram levados, os moradores desapareceram sem motivo aparente e a casa estar toda revirada. 

O crime teria ocorrido no início da noite de terça-feira (26). Estão desaparecidos um casal e dois lhos. Informações preliminares apontam se tratar da agente comunitária de saúde Eliane Furlan dos Santos (27 anos), seu esposo Cristiano Pereira Lopes (33 anos), Samuel Furlan Lopes (1 ano) e Juan Furlan Lopes (8 anos). 

Da residência sumiram uma motocicleta Honda/CG cinza, placas ASP-1068, ano 2010 e um Corsa Hatch, AFS-2033, cor preta, 2007. De acordo com a Polícia Militar (PM) de Cruzeiro, a equipe foi acionada e esteve no endereço onde reside a família. A casa está revirada e os dois veículos não estão no imóvel. 

Todas as unidades da polícia da região estão avisadas e a PM realiza buscas em várias localidades. Vídeo de câmeras de segurança, feito por volta das 18h50, mostram o veículo saindo do imóvel. A PM acredita que o sequestro tenha sido cometido pelos mesmos homens que eram procurados na noite de terça. 

Eles se envolveram em um acidente na rodovia PR-323 e conseguiram fugir. Um homem, morador em Mandaguari, que era refém da dupla foi libertado pela PM. Ele estava ferido, foi encaminhado ao hospital e na sequência à delegacia para prestar depoimento.

Segundo o Capitão Cláudio Longo, da PM de Cruzeiro do Oeste, os suspeitos que eram procurados teriam fugido correndo justamente em direção a localidade onde está a casa da família desaparecida – nos fundos da associação da prefeitura. 

Qualquer informação pode ser repassada a PM através do telefone 190.


O Bemdito

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade