Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Polícia investiga suposto abuso sexual contra paciente de hospital em Ibiporã

18/05/22 às 18:37 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Polícia Civil está investigando uma denúncia de abuso sexual contra uma paciente no Hospital Cristo Rei em Ibiporã.

A paciente buscou por atendimento na sexta-feira passada, acompanhada pela mãe. Ela sofreu algumas escoriações pelo corpo, após sofrer uma queda de moto.

A estudante de 20 anos permaneceu no hospital, estava consciente e conversando, e a mãe voltou para casa. Quando ela retornou para buscar a filha, recebeu a informação de que a jovem já havia saído.

Leia mais:

Imagem de destaque
CONFRONTO

Cinco homens são mortos em confronto com a Polícia Militar em Cascavel

Imagem de destaque
POLICIAL

Polícia Civil cumpre mandado de prisão por homicídio no bairro Santa Felicidade

Imagem de destaque
MAUÁ DA SERRA

PRF apreende quase 50 quilos de cocaína com casal no Paraná

Imagem de destaque
VIOLÊNCIA

Jovem é morto a tiros no meio da rua no Sanga Funda

No entanto, quando a mãe chegou em casa, não encontrou a filha, e por isso, retornou novamente ao hospital e soube que ela estava em um quarto aos fundos, inconsciente e com os batimentos cardíacos baixos.

A paciente precisou ser intubada e foi transferida ao Hospital Universitário em Londrina na Unidade de Terapia Intensiva e depois levada ao quarto. 

Diante da alterações clínicas,  a suspeita é de que a jovem tenha sido dopada e abusada sexualmente, pois também apresentava sangramento nas partes íntimas.

A Polícia Civil já ouviu oito pessoas e  aguarda por exames do Instituto Médico Legal. A direção do Hospital Cristo Rei está colaborando com as investigações, no entanto, o prontuário da paciente não foi encontrado. A instituição abriu sindicância para apurar o caso. 

"Acionei o IML para que fosse feita uma perícia na vítima, quando ela foi para o HU. O perito não constatou inicialmente uma situação de abuso, mas recolheu material genético e serão necessárias algumas perícias complementares para se constatar a situação", afirma o delegado Vitor Dutra. 

A jovem recebeu alta médica nesta quarta-feira e deve ser ouvida nos próximos dias. 

"Com não se tem a confirmação de um abuso, prefiro tratar com cautela o caso e aguardo o laudo pericial para primeiro se constatar se houve ou não essa situação de abuso. Se houver, vamos avançando nas investigações e apontar um possível suspeito", ressalta o delegado. 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá