Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Polícia investiga suposto abuso sexual contra paciente de hospital em Ibiporã

18/05/22 às 18:37 - Escrito por Redação Tarobá News

A Polícia Civil está investigando uma denúncia de abuso sexual contra uma paciente no Hospital Cristo Rei em Ibiporã.

A paciente buscou por atendimento na sexta-feira passada, acompanhada pela mãe. Ela sofreu algumas escoriações pelo corpo, após sofrer uma queda de moto.

A estudante de 20 anos permaneceu no hospital, estava consciente e conversando, e a mãe voltou para casa. Quando ela retornou para buscar a filha, recebeu a informação de que a jovem já havia saído.

No entanto, quando a mãe chegou em casa, não encontrou a filha, e por isso, retornou novamente ao hospital e soube que ela estava em um quarto aos fundos, inconsciente e com os batimentos cardíacos baixos.

A paciente precisou ser intubada e foi transferida ao Hospital Universitário em Londrina na Unidade de Terapia Intensiva e depois levada ao quarto. 

Diante da alterações clínicas,  a suspeita é de que a jovem tenha sido dopada e abusada sexualmente, pois também apresentava sangramento nas partes íntimas.

A Polícia Civil já ouviu oito pessoas e  aguarda por exames do Instituto Médico Legal. A direção do Hospital Cristo Rei está colaborando com as investigações, no entanto, o prontuário da paciente não foi encontrado. A instituição abriu sindicância para apurar o caso. 

"Acionei o IML para que fosse feita uma perícia na vítima, quando ela foi para o HU. O perito não constatou inicialmente uma situação de abuso, mas recolheu material genético e serão necessárias algumas perícias complementares para se constatar a situação", afirma o delegado Vitor Dutra. 

A jovem recebeu alta médica nesta quarta-feira e deve ser ouvida nos próximos dias. 

"Com não se tem a confirmação de um abuso, prefiro tratar com cautela o caso e aguardo o laudo pericial para primeiro se constatar se houve ou não essa situação de abuso. Se houver, vamos avançando nas investigações e apontar um possível suspeito", ressalta o delegado. 

© Copyright 2022 Grupo Tarobá