Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Policiais Civis e representantes repudiam vetos na Lei das Polícias Civis

27/11/23 às 13:01 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Delegados e policiais civis reagiram aos vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos trechos da Lei Orgânica Nacional das Polícias Civis.

 

A lei, que unifica as regras para o funcionamento da Polícia Civil nos estados, com direitos, deveres e garantias dos agentes de segurança, teve o texto aprovado no Congresso Nacional e foi sancionado com alterações na estrutura e na organização da instituição nos estados, bem como restrições.

Leia mais:

Imagem de destaque
POLICIAL

Polícia Civil cumpre mandado de prisão por homicídio no bairro Santa Felicidade

Imagem de destaque
MAUÁ DA SERRA

PRF apreende quase 50 quilos de cocaína com casal no Paraná

Imagem de destaque
VIOLÊNCIA

Jovem é morto a tiros no meio da rua no Sanga Funda

Imagem de destaque
VIOLÊNCIA

Imagens flagram homem sendo assassinado após briga entre vizinhos em Santa Tereza do Oeste

 

Dentre os trechos vetados estão garantias e direitos, como pagamento de indenizações por insalubridade, ajuda de custo quando houver remoção para outra cidade, além de licença-gestante, licença-maternidade e licença-paternidade.

 

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol), Rodolfo Queiroz,  a respeito dessa indignação disse que “apesar dos 31 vetos, que muito nos indignaram e nos causaram tristes surpresas - tendo em vista que o texto foi discutido com o governo em diferentes âmbitos, justamente com a garantia de que não houvesse veto - eu quero destacar que o trabalho continua. Iremos buscar a articulação política e apoio e já estamos tendo manifestações de solidariedade pela análise dos vetos e sua possível derrubada. Peço a todos que mantenham a serenidade e que mantenham uma visão estratégica deste processo, porque precisaremos de apoio super partidário e, principalmente, serenidade na discussão da derrubada desses dispositivos importantes, para nós que integramos a Polícia Civil”.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá