Policiais presos são indiciados por associação criminosa, cárcere privado e peculato

Murilo Pajolla
Policial | Publicado em 21/02/2020 às 13:58

Os sete policiais civis da 10ª Subdivisão Policial presos em Londrina no dia 13 de fevereiro foram indiciados por associação criminosa, cárcere privado e peculato, quando um funcionário público se apropria ilegalmente de bens ou dinheiro. 

Segundo o inquérito concluído nesta sexta-feira (21) pela Corregedoria da Polícia Civil, eles teriam se apropriado ilegalmente de parte de uma carga contrabandeada no valor de R$ 450 mil. Apenas 5% do material apreendido em um apartamento em Londrina teria sido repassado à Receita Federal.  

Os policiais ainda teriam detido, sem determinação da justiça, o dono das mercadorias apreendidas. Por isso foram indiciados por cárcere privado. 

O corregedor Geral da Polícia Civil Marcelo Lemos não confirmou se vai pedir a prisão preventiva dos sete policiais, entre os quais estão o superintendente da 10ª SDP e investigadores da delegacia de furtos e roubos. As prisões temporárias, prorrogadas no início da semana, vencem nesta sexta-feira (21). 

Os advogados que representam os policiais pediram à justiça que seus clientes aguardem as investigações em liberdade provisória, mas eles continuam detidos na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos em Curitiba.  

Os quatro advogados de defesa vão esperar a decisão da justiça de revogar ou não as detenções provisórias. Somente após essa etapa é que eles devem se manifestar.

(Colaboração: Rafael Machado)



Relacionados

Curitiba | 27-03-2020 15:29

Fábrica clandestina de álcool é fechada em Curitiba

Fábrica clandestina de álcool é fechada em Curitiba

Lindoeste | 27-03-2020 11:53

PC cumpre mandados de prisão contra acusados de homicídio em Lindoeste

PC cumpre mandados de prisão contra acusados de homicídio em Lindoeste

Cascavel | 27-03-2020 10:59

PRF flagra caminhoneiro com “rebite” na BR 277 em Cascavel

PRF flagra caminhoneiro com “rebite” na BR 277 em Cascavel

Cascavel | 27-03-2020 09:38

Polícia apreende munições e drogas durante cumprimento de mandato no Bairro Melissa

Polícia apreende munições e drogas durante cumprimento de mandato no Bairro Melissa

PUBLICIDADE