Linha 4

Publicidade

Suspeito de entregar sobrinho ao tribunal do crime do PCC é absolvido

Ellen Santos

A Justiça concluiu nesta terça-feira (29), o julgamento de Elias Carneiro. O homem é suspeito de participar da morte do sobrinho Anderson Carneiro de 17 anos.

O rapaz que era morador de Santa Izabel foi encontrado morto em 2018, em um terreno baldio em Cascavel. Segundo a polícia, ele teria sido julgado e morto pelo tribunal do crime do PCC (Primeiro Comando da Capital).

O Ministério Público denunciava que Elias trouxe o sobrinho e entregou para dois integrantes do comando. Luan da Silva e Marcelo de Oliveira Novossate foram condenados a 26 e 40 anos de prisão.

Ele foi absolvido pela Justiça, após provas de que não tinha relação com a morte. Elias está preso desde de 2018 e caso não haja mais impedimentos, será solto.

Relembre o caso:

PCC: adolescente foi morto em 'tribunal do crime'

Mãe de jovem assassinado diz que filho procurava emprego em Cascavel

Corpo é encontrado em mata na avenida Piquiri


ENVIE SUGESTÕES, NOTÍCIAS, FOTOS OU VÍDEOS PARA NÓS - ATRAVÉS DO WHATSAPP DO TAROBANEWS - 9.9147-1096.

COMENTÁRIOS

Publicidade